IED | Istituto Europeo di Design
Você está em:
One Year

Arts Management

144 horas Nacional
Semana internacional
SEMIPRESENCIAL
09/04/2022
Matrícula Online
Quer mais informações?

Por quê?

Qual é o papel do curador na organização de exposições de arte digital em espaços on-line e off-line? Se o objetivo de uma exposição é compartilhar uma ideia, um conceito ou uma mensagem com a comunidade, é essencial que a visão da exposição e a mensagem sejam claras para atingir o público. O curso oferece as habilidades práticas de gestão cultural, tanto no contexto nacional quanto internacional, envolvendo também discussões teórico-conceituais necessárias para uma reflexão crítica sobre o mercado e o lugar das artes na sociedade contemporânea.

Para quem?

O curso reúne um acervo de conhecimentos e práticas para quem deseja atuar no mercado cultural e seguir uma carreira em curadoria, produção ou gestão artística e cultural, além de profissionais graduados em todas as áreas, que buscam especialização em gestão de espaços e projetos culturais; produtores e empreendedores culturais com interesse em desenvolver habilidades de gestão; profissionais das artes, curadores, gestores de instituições, diretores artísticos, educadores, mediadores, designers de exposição e estudantes de artes a procura de uma qualificação permanente sobre o setor.

Como é?

Baseado no contexto atual do mundo pós-pandemia, o curso incentiva métodos de investigação e uma abordagem da cultura dentro e para além das instituições, onde as artes ganham nova relevância, desde experiências que fortalecem a construção social e cultural até a reflexão crítica sobre novos domínios, como a NFT-art. O programa promove uma dinâmica de trocas com museus e organizações artísticas nacionais e internacionais, inspirando e capacitando profissionais sobre questões e desafios contemporâneos, abordagens e métodos de gestão, além de potenciais projetos colaborativos.


Curso

O curso apresenta narrativas históricas e críticas das artes, focando nas principais mudanças da cultura visual do século 20 e 21 e as influências no imaginário contemporâneo, além de abordar fenômenos como colecionismo enquanto prática social e propor uma reflexão sobre as diversas produções e manifestações contemporâneas, compreendendo seus valores estéticos e suas implicações sociais.

Durante a aula inaugural, faremos um debate sobre políticas de descolonização na área institucional das artes, reunindo uma diversidade de curadores e profissionais convidados para apresentar diferentes perspectivas geográficas e culturais acerca dos debates globais sobre descolonização.

O curso de Arts Management do IED São Paulo ainda conta com professores que são especialistas em suas respectivas áreas de pesquisa, como história da arte, colecionismo, museologia e em gestão de projetos culturais e planejamento de operações. A troca de saberes e práticas com profissionais extremamente experientes e qualificados na área é essencial para quem quer se atualizar – a participação de profissionais internacionais também agrega uma perspectiva de intercâmbio e reflexões práticas sobre questões contemporâneas, formação de redes e parcerias. 


Entrega

O curso Arts Management foi estruturado em 3 módulos: Paisagens Culturais, Desenvolvimento Projetual e Comunicação. No primeiro, vamos estudar de forma crítica a história das artes visuais; investigar o Eixo Sul contemporâneo e políticas de descolonização na área institucional das artes; debater o colecionismo no Brasil e analisar a formação de coleções privadas e públicas, além de nos aprofundar nas especificidades do papel do curador enquanto organizador de exposições de arte digital (on-line e off-line).

O segundo módulo aborda a gestão de projetos culturais, administração estratégica de organizações artísticas, estratégias de captação de recursos, assim como fornece uma visão introdutória sobre as principais práticas envolvidas na gestão de museus e no desenvolvimento de projetos museográficos. O terceiro e último módulo traz uma proposta reflexiva com debates sobre novas perspectivas de mediação e práticas atualizadas de arte-educadores, além de apresentar regras, metodologias e princípios que permitem aos participantes criar estratégias de comunicação relacionadas ao mundo das artes cênicas e cultura.

Durante sua jornada, os participantes desenvolvem, individualmente ou em grupo, um projeto focando na área de seu interesse, que será apresentado no final do curso.


Semana internacional

Experiência internacional de uma semana, na qual os alunos têm uma vivência imersiva junto a parceiros em visitas técnicas, palestras e feiras que fomentam pesquisa, reflexão e prática sobre questões atuais e de relevância global desse segmento e de outros que os cercam.

Obs: O IED Brasil interrompeu temporariamente as atividades internacionais devido à pandemia da Covid-19 e estuda opções de reagendamento do calendário para quando for possível a retomada das viagens com segurança. Assim que definida a nova agenda, as respectivas turmas serão comunicadas.


ETHOS IED

O IED acredita que uma formação profissional completa nasce da união entre a inteligência cognitiva (teoria), a inteligência criativa (prática) e a inteligência emocional (dimensão humana).

Por isso, cunhamos uma base metodológica única que integra a gestão do saber, saber fazer e saber ser.


A formação de turmas e início dos cursos dependem de quórum mínimo (a critério da faculdade) para garantir a melhor experiência a todos os participantes.

O IED reserva-se o direito de alterar o corpo docente em função de necessidades pessoais ou institucionais, não comprometendo a qualidade do curso.


Início das aulas: 09/04/2022
Dias: sábados e domingos - uma vez por mês
Horário: 9h às 17h (2h intervalo)
Duração: 144 horas
Carga horária: 144 horas

Valores:
15 parcelas de R$1.852,00
Ex-Aluno IED tem 25% de desconto. Consulte condições

COORDENAÇÃO

GISELA DOMSCHKE

Designer, curadora e produtora cultural, Gisele Domschke é doutoranda em Humanidades pelo Diversitas (FFLCH — USP), possui o título de Master of Arts em Design de Comunicação pelo Central Saint Martins College of Arts, University of London (revalidado como Mestre em Artes Visuais pela UFRJ). Foi professora e orientadora do MA Cultura Digital na Goldsmiths University, Londres, e diretora de criação da Euro RSCG e do London Design Festival. Ao retornar ao Brasil, após dez anos em Londres, gerenciou a criação do LabMIS, laboratório de mídias do Museu da Imagem e do Som (2008), e do Labmovel (menção honrosa Ars Electronica 2013, Linz). Desenvolve projetos de curadoria e gestão cultural e é mentora de projetos de inovação.

PROFESSORES

ALVARO RAZUK

-

Em atuação desde 1989, o escritório Alvaro Razuk desenvolve projetos museográficos, cenográficos e arquitetônicos, tendo realizado trabalhos no Brasil e em diversos países. Com uma equipe interdisciplinar composta por arquitetos, designers, fotógrafos e produtores, seu escritório se destaca na elaboração e coordenação de projetos culturais desde sua concepção até a entrega final..


ANA HELENA CURTI

+

É diretora da empresa Arte3 Assessoria Produção e Marketing Cultural especializada na criação, desenvolvimento, organização e produção de projetos culturais. Tem experiência nas áreas de produção executiva, administração e gestão de projetos culturais com ênfase em museus, exposições e leis de incentivo à cultura. Integra o Comitê de Programação do Museu da Casa Brasileira/Secretaria de Estado da Cultura – SP. É conselheira do Instituto Brasileiro de Gestão Cultural e presidente do Conselho de Administração do Centro Cultural Brasil Turquia.


ANNET DEKKER

+

Annet Dekker é Assistant Professor Media Studies: Archival Science na Universidade de Amsterdã, professora visitante e co-diretora do Centro para o Estudo da Imagem em Rede na London South Bank University. Também é curadora e pesquisadora independente e faz apresentações e palestras em várias conferências nacionais e internacionais, além de ser membro de júris e conselhos consultivos, e contribui regularmente com revistas especializadas e volumes editados. Anteriormente, ela trabalhou como: Pesquisadora em Preservação Digital na Tate, Londres (2014–16); Fellow, no The New Institute, Rotterdam (2014–16); Core Tutor no Piet Zwart Institute, Master Media Design and Communications (2011–16); Curadora da Web da SKOR (Foundation for Art and Public Domain, 2010–12); gerente de programa da Virtueel Platform (2008–10) e chefe de exposições, educação e artistas residentes no Netherlands Media Art Institute (1999– 08). De 2008 a 2014, escreveu seu Ph.D. no Centro de Estudos Culturais da Goldsmiths University, em Londres, sob a supervisão de Matthew Fuller. A tese se transformou no livro “Collecting and Conserving Net Art: Moving Beyond Conventional Methods”, publicado pela Routledge.


DANIELA MACHADO

+

Mestranda em Políticas Públicas pela Fundação Getúlio Vargas (FGV – SP), pós-graduada em Gestão de Projetos Sociais pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP), graduada em Ciências Econômicas pela Faculdades Metropolitanas Unidas (FMU – SP). Atou no setor privado de 2004 a 2010, realizando atividades nas áreas de auditoria, avaliação de resultados financeiros e gestão de equipe e pessoas. Iniciou suas atividades artísticas em 2011 estudando Artes Dramáticas no Estúdio de Treinamento Artístico (ETA), escola de teatro para pessoas de baixa renda em São Paulo. Em 2012 ingressou na Companhia Teatral “Os Satyros”, participando das Oficinas de atuação e posteriormente no Núcleo Experimental da Companhia, ocupou a função de produtora geral da CIA realizando mais de 30 projetos de teatro e cinema. Em 2017, 2018 e 2019 ministrou cursos de Produção Cultural na SP Escola de Teatro, Casa do Baixo Augusta e Instituto Tomie Ohtake. Em 2018 fundou a Associação dos Artistas e Produtores do Centro de São Paulo, onde exerce a função de presidente e diretora executiva. Como artista e produtora independente idealiza, elabora e realiza projetos de cinema, teatro, circo, artes plásticas e música. Dentre suas atividades estão também a gestão e administração dos projetos e coordenação de prestação de contas. Em 2019 participou do Heyman Program for Philanthropy and Fundraising, Intensive in Fundraising (Annual Campaigns, Online and Mobile Fundraising, Major Gift Solicitation, Planned Giving, Nonprofit Financial Reporting), School of Professional Studies, na New York University. Atualmente escreve o roteiro de longa-metragem “E você que não se lembrava” com colaboração da cineasta francesa Edwige de Montalembert.


DARIA FILARDO

+

É historiadora de arte e curadora independente radicada em Florença. Leciona Práticas Contemporâneas no programa de Mestrado de dois anos do SACI em Studio Art, em Florença, e Artes Visuais, Gestão de Artes e Planejamento de Eventos e coordena o Projeto Final no curso de Mestrado do IED (Florença). De 1998 a 2000, trabalhou como curadora residente no museu público Palazzo delle Papesse Contemporary art Centre em Siena. Desde 2001 é curadora freelance. Escreve em catálogos e publicações de arte e tem interesse em projetos de longo prazo que se articulem na escrita e na realização de exposições como “?Distance as Identity?”.


FERNANDA BRENNER

+

É curadora independente e diretora artística estabelecida em São Paulo. Em 2012, fundou o Pivô, um espaço de arte contemporânea sem fins lucrativos em São Paulo, onde atua como diretora artística. Recentemente, Brenner foi a curadora de “Neither”, na Mendes Wood DM, Bruxelas. Seus textos já passaram pela Frieze, Artreview, Terremoto, além do The Exhibitionist, onde também faz parte do conselho editorial.


IGY AYEDUN

+

É fundadora do projeto de galeria/residência HOA e líder de conteúdo e criação da plataforma MJOURNAL.


JENNI LOMAX

+

É curadora e escritor. Entre 1990 e 2017, foi Diretora do Camden Arts Centre, em Londres, onde estabeleceu um programa de exposições internacionais, artistas, residências e projetos educacionais – todos com a participação de diferentes artistas e seus trabalhos em seu núcleo.


JULIA FLAMINGO

+

É jornalista de arte e fundadora do BIGORNA, plataforma didática de arte contemporânea (@bigorna_art). Formada em jornalismo pelo Mackenzie e história pela PUC-SP, vive em Lisboa e é mestranda em Culture Studies na Universidade Católica de Lisboa e colabora com matérias sobre arte para veículos do Brasil e Portugal, além de trabalhar para os projetos internacionais Art Curator Grid e 4Cs – From Conflict to Conviviality Through Creativity and Culture. Trabalhou como repórter e crítica de arte da revista Veja São Paulo entre os anos de 2015 e 2017, e foi assessora de comunicação de diversas galerias de arte e eventos como SP-Arte e Bienal de São Paulo.


KEYNA ELEYSON

+

Membro do Comitê de Indicação do Prêmio PIPA 2020, é curadora,  pesquisadora, herdeira Griot, narradora, cantora e cronista ancestral. Mestre em História da Arte e especialista em História da Arte e da Arquitetura pela PUC – Rio (Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro); bacharel em Filosofia pela UFRJ (Universidade Federal do Rio de Janeiro). Membro da Comissão da Herança Africana para laureamento do registгo do Cais do Valongo como Patrimônio Mundial (UNESCO). Curadora da 10a. Bienal internacional de Arte SIART, na Bolivia. Atualmente cronista da revista Contemporary& e Diretoria Artística do MAM Rio.


LILIANE FERRARI

+

É consultora e professora de Mídias Sociais, profissional parceira da Spark Flupvip Company, o maior grupo de marketing de influência do mundo. Palestrante oficial do Facebook no Brasil, em 2014, Top 10 do RD Summit 2017 e 1º lugar no Digital Experience Day 2017. Apontada como uma das 10 mulheres mais influentes da internet brasileira pelo iG em 2009. Desenvolveu projetos digitais para empresas como LiveAd, Talent, Editora Trip, TV Globo, entre outras.


MAGNOLIA COSTA

+

Designer, curadora e produtora cultural. Doutoranda em Humanidades pelo Diversitas, FFLCH – USP. Possui o título de Master of Arts em Design de Comunicação pelo Central Saint Martins College of Arts, University of London (revalidado como Mestre em Artes Visuais pela UFRJ). Foi professora e orientadora do MA Cultura Digital na Goldsmiths University, Londres, e diretora de criação da Euro RSCG e do London Design Festival. Ao retornar ao Brasil, após dez anos em Londres, gerenciou a criação do LabMIS, laboratório de mídias do Museu da Imagem e do Som (2008) e do Labmovel (Menção honrosa Ars Electronica 2013, Linz). Ministrou cursos no Istituto Europeo de Design e hoje desenvolve projetos de curadoria e gestão cultural, além de ser mentora de projetos de inovação.


NEI VARGAS DA ROSA

+

Doutor em Artes Visuais, com ênfase em História, Teoria e Crítica da Arte pela UFRGS. Nei Vargas da Roda é especialista em colecionismo no Brasil.


SUELLEN MOREIRA

+

é diretora nacional da ABCR Cultura, administradora de negócios e especialista em gestão de projetos pelo Ibmec, concluiu cursos e estudos individuais sobre gestão de projetos no Terceiro Setor e economia criativa em Minas Gerais, São Paulo e Rio de Janeiro. Com sólida experiência em gerenciamento de projetos e captação de recursos para instituições do Terceiro Setor com atuação nas áreas social, saúde, educação e cultura, tem participação constante em congressos nacionais e internacionais sobre captação de recursos para o Terceiro Setor. Destaca-se também pela atuação na captação de recursos com indivíduos, área em que desenvolveu trabalhos no Instituto Inhotim e no World Wild Fund (WWF). Com a Sociat, presta assessoria para desenvolvimento institucional e captação de recursos para organizações de saúde e de cultura, especialmente no uso de leis de incentivo Rouanet, Pronon e Pronas/PCD.


ZOE GRAY

+

Zoe Gray é curador sênior na WIELS, na Bélgica.

Início das aulas: 09/04/2022
Dias: sábados e domingos - uma vez por mês
Horário: 9h às 17h (2h intervalo)
Duração: 144 horas
Carga horária: 144 horas

Valores:
15 parcelas de R$1.852,00
Ex-Aluno IED tem 25% de desconto. Consulte condições

DISCIPLINAS
PAISAGENS CULTURAIS | CULTURAL LANDSCAPES
Eixo Sul Contemporâneo – Perspectivas12h
História das Artes Visuais – Modos de Ver12h
Colecionismo no Brasil6h
Digital Now: networked co-curating (co-curadoria em rede)6h
DESENVOLVIMENTO PROJETUAL | PROJECT DEVELOPMENT
Processos Laboratoriais – Desenvolvimento de Projeto24h
Gestão de Projetos Culturais12h
Museum Management (Gestão de Museus)12h
Museografia6h
Professional Practice in Arts Organisation (Administração Estratégica de Organizações Artísticas)12h
Event Concept and Kick-off (Idealização do Evento e Kick-off)6h
Planejamento de Operação e Gestão6h
Fundraising in Europe6h
Estratégias de captação de recursos6h
COMUNICAÇÃO | COMMUNICATION
Storytelling & Communication Lab12h
Mediação e Educativo: novos olhares, novas práticas6h
SÃO PAULO RIO DE JANEIRO MILANO ROMA TORINO VENEZIA FIRENZE CAGLIARI COMO BARCELONA MADRID.