IED | Istituto Europeo di Design
Você está em:

Metta Wear | A marca de Keyla Bergamazi

19 de agosto de 2020

 

Keyla Bergamazi é a personagem principal da nossa história de hoje. Dona de um estilo próprio e muita vontade de acontecer, a ex-aluna do curso Saperfare em Design de Moda nos conta um pouco mais sobre seus processos, seu caminho e muito mais.
k
k
“Eu sempre fui apaixonada por moda e desde o ano de 2013 eu fazia projetos sustentáveis com um laboratório de moda franco-brasileiro mas nos últimos anos comecei a sentir que o mercado me cobrava validação acadêmica.
O IED sempre foi um sonho que parecia estar bem distante da minha realidade financeira eu queria muito estudar em uma instituição que me desse uma visão abrangente da moda e do mercado e claro que sempre pensava no IED.
Conheci a coordenadora do curso de marketing de moda em um evento da marca Levi’s onde eu estava trabalhando e depois de alguns minutos de conversa falei do meu interesse em estudar na instituição.  Ela me disse que achava que o meu trabalho combinava com o curso de design de moda e me convidou pra uma conversa. Levei meu portfólio e comecei meu curso uma semana depois.”
k
k
A moda consciente, o slow fashion e o upcycling fazem parte da história de Keyla a bastante tempo e ela teve oportunidade de mostrar todo o seu talento no Desfile de Moda do IED Rio que aconteceu em dezembro de 2019, nas ruínas do Cassino da Urca.
k
k
“Eu vivo de forma consciente há muitos anos, não consumo carne, as poucas vezes que compro roupa eu compro em brechó e limito a quantidade que tenho, não uso sacolas nem copos de plástico etc. Enfim, o básico para ter um impacto menos agressivo no meio ambiente.
Ao meu ver muito do upcycling no Brasil vem das camadas de base da população. O pobre brasileiro faz upcycling bem antes da reutilização criativa ganhar um nome em inglês. Meu primeiro interesse parte daí. Em muitos momentos da minha vida eu não podia comprar roupa e era ali na repaginação de alguma roupa usada que havia ganho que a minha criatividade aflorava. Anos depois coordenei o ateliê de upcycling da Casa Geração Vidigal e tive mais conhecimento teórico e espaço de experimentação.
No IED eu mergulhei mais fundo no universo da sustentabilidade na moda e pude ter uma boa visão desse mercado em uma escala maior.
k
k
Keyla agora conduz a marca Metta, projeto que surgiu e foi se desenvolvendo com o tempo e a experiência adquirida durante o curso e as diversas experimentações realizadas pela ex-aluna.
k
k
k
k
“A ideia da Metta foi se desenvolvendo ao longo de anos e à partir de experimentações que eu fazia com as minhas roupas. De forma bem orgânica e natural. Algumas viagens longas que fiz (levando apenas uma mochila, mas dando importância à minha expressão através da moda) foram muito importantes no processo de ressignificação do uso de cada peça. Durante a pandemia, tive a sorte de poder resgatar esse projeto e levá-lo à diante e sem dúvidas todo o conteúdo que adquiri no IED me deixou mais confiante para dar esse passo.”
k
k
Quando pensa no momento que estamos vivendo e o como a pandemia veio para modificar as estruturas de tudo que conhecemos, Keyla é direta e super consciente sobre como a moda pode e deve tomar as rédeas de sua produção, se tornando cada vez mais responsável e cuidadosa com o meio ambiente.
k
k
“Vejo que estamos passando por uma transição que interfere diretamente nos hábitos de consumo e as pessoas tendem a ser mais conscientes.
Algumas marcas trazem consigo um DNA sustentável e isso faz uma diferença muito positiva na sua colocação no mercado, e as que não carregam naturalmente esses valores terão que se adaptar pois cada vez mais a durabilidade do produto, atemporalidade, qualidade, respeito ao ecossistema, cuidado com a cadeia produtiva e sustentabilidade serão quesitos importantes no ato do consumo.”
k
k
O futuro para Keyla Bergamazi é:
k
k
“Eu espero desenvolver a minha marca e oferecer consultoria criando coleções modulares para outras marcas. O IED foi essencial para esse passo. Me dando uma visão muito mais ampla e simplificada que me deixou mais segura em criar a identidade da Metta, fazer planejamento, comunicação, etc.
Na minha marca eu faço praticamente tudo então me sinto usando ferramentas muito diversas que aprendi no Saperfare em Design de Moda.”

Roberta de Freitas
"As mãos no texto, o olho no design e o coração na trilha sonora." Formada em Jornalismo pela PUC-Rio, atuou no mercado da música e do audiovisual. Com extensão em Design Gráfico pelo IED Rio, assina agora os textos da sede carioca.

IED SÃO PAULO
Rua Maranhão, 617
Higienópolis
01240-001
+55 11 3660 8000

IED RIO
Av. João Luis Alves, 13
Urca
22291-090
+55 21 36833786 ou +55 21 979170110

SÃO PAULO RIO DE JANEIRO MILANO ROMA TORINO VENEZIA FIRENZE CAGLIARI COMO BARCELONA MADRID.