Pensa em empreender com uma startup de moda? Saiba que para que tudo dê certo, você precisa fazer uma boa gestão!

E, mais do que isso, ficar por dentro de tudo o que rola no mundo das startups. Que tal começar agora mesmo? Este artigo está recheado de dicas para você. Continue a leitura!

O que é uma startup?

Uma startup nada mais é do que um grupo de pessoas com uma boa ideia para iniciar uma empresa. Mas essa ideia deve ser única, diferente e escalável.

Além disso, é preciso muita disposição para encarar condições de extrema incerteza. Afinal, você vai precisar de gente que acredita no seu sonho para conseguir dar um pontapé inicial na sua produção.

Parece um pouco complexo, não é mesmo? Mas pode acreditar: de 2015 a 2019, há um registro de 207% no aumento de startups no Brasil.

A boa notícia é que esse cenário continua super favorável para quem quer empreender, inclusive com uma startup de moda. É possível conseguir bons investimentos para dar forma para suas ideias e fazer parte do mercado.

A princípio, muitas startups nascem com uma atuação voltada para a internet. Isso não é exclusivo, porém é um caminho mais acessível.

Hoje, uma grande parte das pessoas está conectada e quer soluções fáceis para a vida, então vale a pena começar por aí. Depois, na medida em que o negócio escalar, você pode conquistar outras frentes.

Por que empreender com uma startup de moda?

A moda por si só é incrível e cheia de possibilidades. É um meio para expressar estilo, opiniões e posicionamentos. Uma simples peça de roupa pode ter milhões de significados.

Mas esse é só um exemplo básico. A moda está no que a gente veste, na cor do nosso cabelo, em acessórios e até na maquiagem.

São muitas vertentes para se ter ideias inovadores e fantásticas que serão a base de uma startup de moda. Vale ainda lembrar que a moda nunca sai de moda!

Essa frase pode soar engraçada, mas é só para pensar em como a moda e o estilo evoluíram ao longo do tempo e ainda continuam parte da vida de qualquer pessoa.

Uma startup de moda, além de criativa, pode atingir muitos nichos diferentes, porque a moda é abrangente. É feita para todos!

Quem se interessar em aplicar grana na sua proposta de startup, provavelmente terá um ótimo retorno. Assim como você, que terá a oportunidade de construir sua marca.

Sem contar que o Brasil tem crescido cada vez mais no setor. Nosso povo já é naturalmente vaidoso e expressivo, portanto, sempre procura por novidades que possam complementar seu estilo de alguma forma. 

Ou seja, sucesso na certa! Mas só se você souber fazer uma boa gestão, é claro.

Quais são as melhores práticas para gestão de uma startup?

Sendo assim, quais são as melhores práticas para a gestão de uma startup? Seja ela de moda ou de outro setor, as orientações são universais. Veja só!

Coloque sempre o aprendizado no centro

Muito mais do que receita e lucro, uma startup tem que gerar aprendizado. Portanto, ele deve ficar no centro do negócio.

E para isso, nada melhor do que ter seu cliente como a principal fonte de informações.

Ele é quem vai ensinar você sobre o que vender e como inovar. Afinal, você precisa fidelizá-lo, certo?

Conte com uma equipe de alta performance

Nada de modelos antigos e cansativos de trabalho. Nas startups, a tendência é contar com uma equipe de alta performance.

Repleta de profissionais aptos para operar em modo ágil, veloz e criativo, ela será a base para o sucesso da startup.

Procure por profissionais que entendam e “conversem” com a sua proposta. A paixão pelo produto é fundamental e precisa ser constante.

Adote modelos ágeis de gestão

Os famosos modelos ágeis de gestão são aqueles baseados na colaboração entre pessoas que compartilham os mesmos valores.

Dificilmente você encontrará uma startup que não adote essa proposta. Ela mostra que interações e indivíduos são mais importantes que processos e ferramentas.

E que isso é que faz o negócio andar de verdade, porque fica mais fácil responder a mudanças e realizar alterações em planos sem grandes desperdícios de tempo e dinheiro.

Invista em tecnologia para sua gestão

Uma startup exige decisões rápidas a todo momento. Tudo acontece muito rápido, até porque o comportamento do consumidor também muda rápido.

E para acompanhar isso tudo, investir em tecnologia é essencial. Somente com esse apoio será possível prosseguir com seus processos e produtos inovadores.

Além disso, lembre-se que sua equipe por vezes terá que se envolver em tarefas repetitivas. E aquele software de última geração é que realmente pode ajudar a fazer diferença!

Qual é o melhor modelo de negócio para se aplicar em uma startup de moda?

Já ouviu falar em modelo de negócio? Como a sua startup de moda atende a um público específico, seguir um modelo ideal é indispensável para o sucesso.

É ele que define como a sua empresa cria, entrega e absorve valor. Ou seja, é o que une a ação do seu time e a qualidade de seu produto e transforma em receita para quem investiu na sua ideia.

Na dúvida de como isso funciona? Veja aqui alguns exemplos de startups de moda que acertaram em seu modelo de negócio e estão bombando!

Argent

A Argent é americana e conhecida internacionalmente por atender a uma das principais necessidades das mulheres: roupas estilosas e funcionais para se usar no trabalho.

Ela dá espaço para cor e muita criatividade em suas peças, que são pautadas no empoderamento feminino. Seu modelo de negócio é inclusivo, pois compreende bem seu público, gera valor para o negócio e ainda apoia uma causa muito importante.

BagHome

A BagHome é brasileira! Nasceu no Piauí e conecta lojistas de varejo a seus clientes finais.

O cliente cadastra suas medidas e gostos pessoais e é direcionado a uma vitrine personalizada. Assim, pode comprar nas lojas que mais têm a ver com ele. Tudo é enviado pela Bag Home para facilitar.

Incrível, não é mesmo? Esse modelo de negócio gera muito valor ao colocar lojistas e clientes na mesma posição de importância, em uma parceria estratégica que é o segredo de sua receita. 

Também contribui para facilitar a vida de quem busca por soluções realmente personalizadas.

E então, deu para captar a essência de uma startup de moda com este artigo? Agora que você já sabe um pouco mais sobre como empreender nessa área, é só começar a elaborar suas ideias e continuar a estudar sobre o assunto.

E a gente pode ajudar! Conheça nosso curso de Gestão de Startup de Moda na modalidade One Year do IED.