Quanto maior é o nível de qualificação profissional, melhores são as oportunidades no mercado de trabalho. Portanto, não duvide da importância de se capacitar.

Ter uma graduação na área não é o suficiente, sabia? É preciso ir mais longe!

Os profissionais de destaque são aqueles que têm todas as habilidades necessárias para dar conta das atividades de cargos importantes.

Mas por que a qualificação profissional tem um peso tão grande? Como desenvolver as habilidades exigidas pelas empresas? Que tipo de formação procurar?

Continue lendo para encontrar as respostas que você está buscando!

Motivos para investir em qualificação profissional

Seja qual for o momento da sua carreira, a qualificação profissional deve sempre ser valorizada. Afinal, ninguém quer se sentir estagnado.

Você provavelmente deseja encarar novos desafios, alcançar cargos mais altos e ter o reconhecimento merecido, certo?

Para isso, é necessário se qualificar. Embora essa jornada demande esforço, as recompensas fazem tudo valer a pena!

Atualização profissional

Por mais que você esteja colocando a mão na massa todos os dias, em contato direto com o que aprendeu na graduação, é preciso atualizar seus conhecimentos.

Com o mundo em constante transformação,você tem que se capacitar para dar conta das novas demandas.

Do contrário, corre o risco de perder espaço para os que estão mais preparados para lidar com a realidade do momento.

Novos rumos para a carreira

A qualificação profissional também ajuda as pessoas a encontrar novos caminhos. Pode ser que em algum momento você tenha vontade de exercer funções diferentes ou esteja insatisfeito com a profissão.

Se isso acontecer, um curso de capacitação vai ser uma ótima solução para você tomar outros rumos. 

Adquirindo os conhecimentos certos, é possível encontrar boas oportunidades de atuação profissional, mais alinhadas com os seus interesses.

Networking

Sabia que ter bons contatos também faz um profissional ser mais qualificado? O nome disso é networking.

Além de servir para trocar ideias e experiências, o contato com colegas impacta o seu crescimento na carreira.

Pessoas que estudaram ou trabalharam com você podem se tornar importantes parceiros, abrir novas portas e quem sabe até ajudar na busca de empregos melhores.

Maior reconhecimento

Pessoas com um alto nível de qualificação são reconhecidas e mais valorizadas pelo mercado de trabalho.

Ainda que outras recompensas demorem mais a chegar, seus esforços para se qualificar vão ser rapidamente percebidos no ambiente de trabalho.

É assim que você começa a se destacar entre os demais e vê a autoestima aumentar.

Cargos mais altos

Conquistar cargos mais altos, estratégicos e de liderança é uma consequência na vida de quem está sempre correndo atrás de aprendizado.

Dificilmente alguém que fez uma graduação e não continuou os estudos vai ter perspectivas positivas de crescer na carreira.

Salários mais atrativos

Todo mundo quer ganhar mais com o passar do tempo. Mas não é só a experiência que conta.

É preciso investir em qualificação para ter chances reais de ser promovido e aumentos de salário.

Qualificação profissional - dicas10 dicas para conseguir qualificação profissional

1. Defina suas prioridades

Quando pensamos em alguém que a gente admira e que se deu bem na carreira, não podemos esquecer da jornada que a pessoa percorreu até o sucesso.

É claro que existem exceções.

Porém, a maioria das pessoas que se destaca profissionalmente estudou muito, deu o sangue no trabalho e abriu mão de muita coisa para conseguir chegar onde chegou.

Ao definir seus objetivos de carreira, você deve ter claro quais são as suas prioridades e quais sacrifícios está disposto a fazer.

Talvez seja preciso abrir mão de alguns compromissos para focar em questões importantes para a sua vida profissional.

Mas pense que tudo será recompensado!

2. Acompanhe o que acontece no mundo

Ser um profissional atualizado também contribui com a qualificação profissional. Por isso, crie o hábito de acompanhar as principais notícias do país e do mundo.

Isso porque o contexto social, político e econômico afeta o mercado e as atividades de diferentes áreas. Ainda, os rumos da sociedade estão diretamente ligados com o surgimento de tendências.

Conhecendo as tendências, é possível encontrar novas oportunidades e mostrar que você é um profissional com visão de futuro.

Além disso, as pessoas antenadas têm um senso crítico mais apurado e sabem manter boas conversas, que são características valorizadas no mercado de trabalho.

3. Desenvolva novas competências

Mais do que apenas aumentar sua bagagem de conhecimento, você deve desenvolver determinadas competências.

Mas como saber quais são as mais relevantes para cada profissão?

Embora as habilidades técnicas mais importantes dependam de cara área, é possível fazer um apanhado das habilidades comportamentais, também chamadas de soft skills:

  • inteligência emocional;
  • trabalho em equipe;
  • capacidade de comunicação;
  • liderança;
  • empatia;
  • colaboração;
  • flexibilidade;
  • entre outras.

Para assumir cargos mais altos, os profissionais precisam mostrar que possuem essas habilidades.

Você até pode procurar cursos que ajudem a desenvolver as soft skills. Entretanto, saiba que se trata mais de uma mudança de mentalidade e adoção de novas atitudes no ambiente de trabalho.

4. Consuma conteúdo relevante

Por estarmos conectados o tempo inteiro, a gente acaba sendo bombardeado de informações de todos os tipos. Como é impossível acompanhar tantos assuntos, você precisa aprender a filtrar o que é mais relevante.

Veja quais são os portais, jornais, revistas e outras fontes importantes para a sua profissão e acompanhe as publicações.

Saiba que o mesmo vale para as redes sociais.

Principalmente se você trabalha em áreas ligadas à arte e cultura, as redes sociais fornecem ótimos conteúdos. Só é preciso saber o que vale a pena seguir.

5. Aprenda outros idiomas

Se quiser se destacar dos concorrentes, o domínio de outros idiomas é fundamental. Isso significa que não dá para ficar limitado ao básico, principalmente no inglês.

A língua inglesa é usada na comunicação da maioria das empresas. Hoje a colaboração entre profissionais de diferentes países é uma prática comum. Dessa forma, mesmo as empresas menores exigem que seus profissionais sejam fluentes em inglês.

E quando você assumir um cargo importante, com certeza vai querer passar uma boa impressão nas reuniões com os gringos, certo? Portanto, treine bastante!

Dependendo da profissão, outros idiomas também podem ser importantes. Quanto mais línguas você fala, mais oportunidades podem aparecer.

6. Marque presença em eventos da área

Outro jeito de se qualificar e acompanhar o que acontece no mercado é por meio da participação em palestras, feiras, congressos e encontros da sua área.

Faça um mapeamento dos mais importantes para marcar presença nesses espaços — seja presencial ou virtualmente.

Além de ficar pode dentro das novidades, os eventos colocam você em contato com os maiores profissionais do seu meio.

Também são ótimos para aumentar sua rede de contatos e trocar ideias com outros colegas de profissão.

7. Acompanhe as referências do mercado

Por que não usar as redes sociais para seguir os profissionais de maior destaque? Se eles chegaram longe na carreira, devem ter muito a ensinar para os demais.

Sabendo disso, procure o perfil dessas referências no LinkedIn, Instagram, Facebook, Twitter e em outros canais. Veja o que eles postam e os tipos de conteúdo que compartilham.

Mais do que acompanhar o que eles fazem, este pode ser um jeito simples de aprender e até de se inspirar a partir do trabalho de grandes nomes.

8. Entenda as mudanças do mundo do trabalho

Faz parte da qualificação profissional estar preparado para lidar com as transformações na dinâmica de trabalho.

E quanta coisa não mudou nos últimos tempos, não é mesmo?

Hoje as pessoas trabalham de qualquer lugar, em equipes formadas por profissionais de diferentes países e dependem da tecnologia para isso.

Em vez de achar que as tecnologias vão tomar os trabalhos, tente entender o que está por trás das mudanças e como elas afetam as suas atividades.

9. Invista em educação continuada

Sem dúvidas, continuar os estudos é uma das coisas mais importantes para quem deseja se qualificar cada vez mais.

Você precisa saber que a sua formação não para na graduação. Até porque, no próprio dia a dia profissional, talvez você sinta falta de certos conhecimentos ou habilidades mais específicas.

Isso é um sinal de que chegou a hora de buscar outros cursos.

Como existem muitas opções, pesquise sobre as modalidades de cursos oferecidos pelas instituições de ensino e peça a opinião de outras pessoas.

Acima de tudo, estude assuntos pelos quais você realmente se interessa e tem vontade de se aprofundar. 

10. Faça cursos com certificado

Ainda que o mais importante seja o aprendizado, ter um certificado que prove que você fez tal formação profissional faz diferença. É um documento que algumas empresas podem pedir.

Mas não é só por isso que você deve dar preferência aos cursos que oferecem certificação.

As instituições de ensino de qualidade, reconhecidas pelo Ministério da Educação (MEC), costumam conferir o documento aos estudantes que concluem seus cursos. 

Ou seja, não deixa de ser um reforço em relação à credibilidade da formação.

Qualificação profissional - cursosEducação continuada: conheça as modalidades de curso

Se você quer se recolocar no mercado de trabalho ou apenas crescer na carreira, continuar os estudos deve fazer parte dos seus planos.

Descubra agora qual é a melhor opção de curso para as suas necessidades e objetivos profissionais:

Pós-graduação

A pós-graduação é uma modalidade voltada para quem já tem um diploma de ensino superior e deseja se especializar em uma área. Os cursos costumam durar, em média, 18 meses.

Você não precisa necessariamente fazer uma pós-graduação que tenha a ver com a sua primeira formação. O mais importante é que ela esteja relacionada a sua atuação profissional e aos objetivos de carreira.

Isso porque essa formação tem o objetivo de atender às demandas do mercado, por meio do desenvolvimento de habilidades e de um novo mindset.

Quem costuma fazer esse tipo de curso são os profissionais que querem se tornar referência em uma área específica. Para isso, vão assistir às aulas, fazer provas, escrever artigos, participar de eventos e entregar uma monografia ao final do curso.

Se for fazer uma pós-graduação, escolha um curso que seja do seu interesse. Afinal de contas, é um investimento considerável de tempo, esforço e dedicação.

One Year

O One Year é um modelo exclusivo de curso criado para os profissionais do Design que gostariam de ter uma experiência internacional.

Como o nome sugere, o curso tem duração de um ano, e as aulas acontecem aos finais de semana. Portanto, é ideal para quem não tem tempo de se dedicar aos estudos de segunda a sexta e também para aqueles que são de cidades mais distantes da sede do curso.

Existem duas modalidades de One Year: os executive courses e os creative courses. Enquanto os primeiros têm o objetivo de formar gestores, os últimos são focados no potencial criativo dos profissionais.

Além das aulas teóricas e práticas, esses cursos podem oferecer uma vivência única de uma semana na Itália ou Espanha.

Cursos de extensão

Já os cursos de extensão são mais curtos, bem focados em um único tema. A partir de um diálogo entre sociedade e mercado de trabalho, abordam os assuntos mais relevantes para a atuação profissional.

Para participar desse tipo de curso, a pessoa não precisa ter concluído uma faculdade. Mesmo quem ainda não se formou ou não tem experiência profissional pode fazer um curso de extensão.

É a formação perfeita para quem não tem disponibilidade para fazer um curso mais longo ou tem dúvidas sobre quais rumos tomar, mas que precisa ampliar seus conhecimentos.

Vale dizer aqui que os cursos de extensão são oferecidos por instituições de ensino superior, relacionados aos cursos de graduação e pós-graduação da faculdade e reconhecidos pelo MEC.

Sabia que o curso de extensão pode ser uma ótima forma de complementar sua graduação? 

Você pode escolher temas específicos para dar um rumo mais preciso na sua formação.

Qual deles foi feito para você?

Agora que você sabe como conseguir qualificação profissional, corra atrás do curso que tem mais a ver com os seus objetivos de carreira e potencialize suas habilidades.

Afinal, uma coisa é certa: o mercado não vai esperar por você. Por isso, é preciso estar um passo à frente para acompanhar os movimentos dele.

Que tal receber outros conteúdos como este diretamente no seu e-mail? Assine a newsletter do IED e receba dicas úteis para a sua vida profissional!