Se tem uma área que é repleta de ótimas ideias de negócios é o Design. Como a criatividade vem sempre em primeiro lugar, é possível inovar e aplicar seus conhecimentos sem medo de errar.

Portanto, se você se graduou ou se especializou em Design, comece a pensar em ter um negócio próprio. Veja as dicas deste artigo e mãos à obra!

Por que é interessante empreender com ideias de negócios relacionados ao Design?

As ideias de negócios relacionados ao Design estão sempre em alta. Afinal, todo mundo precisa desse tipo de serviço.

Desde alguém que também está começando um negócio próprio até uma grande empresa.

O design está por todos os cantos. Em nossas casas, nas ruas e até na roupa em que usamos. Além disso, vale lembrar que essa é uma área que faz a diferença na vida de muita gente.

Há quem dependa de materiais exclusivamente projetados para se locomover, trabalhar, ter mais qualidade de vida e assim por diante.

Ou seja, você pode desenvolver uma série de soluções com aplicabilidade real para mudar o mundo. Já pensou em como isso é incrível?

Há muito espaço para você se aventurar, pois todos os setores precisam de um profissional como você. Se jogue!

Quais são as regras para ser um empreendedor de sucesso na área?

A área de Design é inovadora, brilhante e criativa. Repleta de tendências e novidades. Mas para se dar bem nela e ter boas ideias de negócios, algumas regrinhas são fundamentais. Confira!

Tenha disciplina

O Design exige inspiração. Porém, mais do que isso, pede também disciplina.

Não é apenas sentar em frente ao computador e desenvolver um projeto. É preciso pesquisar, estudar, investigar e planejar. Somente assim você terá em mãos o que precisa para empreender com sucesso. Ou será apenas uma pessoa fazendo o que outras fazem.

Faça um planejamento financeiro

A tecnologia é uma grande aliada do Design. O que significa que, para ter um negócio na ativa, é preciso se organizar financeiramente.

Você precisará de recursos e ferramentas modernas para fazer seu trabalho com excelência. Deve também se preparar para imprevistos e ter uma reserva até o momento em que começar a lucrar.

Pense fora da caixa

Nem toda área permite pensar fora da caixa com tanta liberdade quanto o Design. Tire proveito disso para trabalhar a sua originalidade.

Mesmo que você escolha ideias de negócios de nichos considerados como lugar-comum, não há problema. Você pode ousar e fazer tentativas inusitadas com o seu trabalho.

Aprenda a gerenciar

Lembre-se de que você estará à frente do seu negócio, certo? Portanto, deve saber gerenciá-lo.

Mesmo que você tenha uma ótima qualificação profissional em Design, não pare por aí. Programe-se para se especializar também na gestão de finanças, pessoas e administrativa.

Quais são as melhores ideias de negócios relacionados ao Design?

Agora que você já sabe por onde começar a empreender com Design, é hora de ver um pouquinho mais sobre algumas ideias de negócios que pode colocar em prática. 

Opções interessantes não faltam, veja só!

1. Design de roupas

Não é preciso ter uma grande fábrica para começar a investir em design de roupas. Você pode começar a trabalhar com peças personalizadas, como camisetas inspiradas em livros e filmes.

Ou então, feitas sob medida de acordo com o pedido do cliente. Encontre um diferencial e invista em uma boa impressora de tecidos, além das próprias camisetas, para começar.

2. Produção de adesivos e stickers

Você já deve ter visto que a moda do bullet journal veio para ficar. Essa espécie de diário e planner envolve a prática de lettering e decoração com canetas e lápis de cor.

Mas os adeptos da tendência estão em busca de algo a mais. Procuram personalizar seus cadernos e cadernetas com adesivos que traduzam seu estilo de vida. Você pode vender cartelas temáticas, adesivos de diferentes tamanhos, receber encomendas e muito mais.

3. Edição de imagens

Tudo bem que hoje a gente tem um monte de aplicativos legais no celular para editar imagens em geral. Mas nada se compara ao trabalho de um profissional.

Até porque grandes empresas e agências de publicidade não usam esse tipo de recurso para seus trabalhos, concorda? Você pode trabalhar como freelancer ou abrir sua agência de edição de imagens para prestar esse tipo de serviço e valorizar seus talentos.

4. Design de capas e padrões

Outra opção superinteressante e que dá para trabalhar muito a criatividade é o design de capas de livros, revistas e afins. 

Já pensou em ter um trabalho seu exposto por livrarias de todo o país? Em geral, as editoras contratam profissionais específicos para cada trabalho, então ter um negócio com essa finalidade pode ser uma grande oportunidade.

O mesmo vale para desenhos e padrões de bancos de imagens. Cada vez que o seu trabalho é vendido, você recebe uma porcentagem sobre os direitos autorais e pode vê-lo em revistas, livros, sites e muito mais.

5. Desenvolvimento de layouts de sites e redes sociais

E por falar em sites, outra área que cresce bastante no Design é o desenvolvimento de layouts. Hoje, a maioria das empresas também quer marcar presença na internet. Você pode ser o responsável por dar uma cara nova para o site, o blog ou as redes sociais delas.

A demanda é alta, porque muita gente quer a manutenção e o auxílio para criar novas peças com frequência. Ou seja, você terá sempre coisas novas nas quais pensar e criar. O trabalho nunca fica chato!

6. Aulas de Design

Se você tem o dom para ensinar e explicar, pode dar aulas de Design. Hoje, é possível ministrar cursos online, para turmas grandes ou pequenas por meio do compartilhamento de tela.

Você pode atender todas as idades, curiosos de plantão ou pessoas que, como você, pensam em seguir na profissão. Faça também cursos intensivos ou direcionados para determinados programas de edição e Design. 

Nesse caso, buscar a qualificação profissional contínua é muito importante. Invista em pós-graduações, cursos de extensão e outras modalidades, como a de One Year, oferecida no IED São Paulo.

Essas são apenas algumas oportunidades e ideias de negócios para você começar no Design. Com a prática e a experiência, você pode evoluir a proposta e até mesmo tentar atividades mais complexas.

E aí, curtiu saber um pouco mais sobre o que o futuro na área tem a oferecer? Agora, é só se inscrever em um de nossos cursos e investir na sua capacitação!