Está difícil ter novas ideias criativas? Quem trabalha com Design sabe que a criatividade não é algo que está sempre à disposição e pronto para dar o seu melhor.

Na verdade, o processo criativo pode ser desafiador em diversos momentos.

Você provavelmente já deve ter se sentido “travado” na hora de desenvolver uma ideia ou pouco inspirado para tirar um projeto do papel.

Relaxe, pois todo profissional enfrenta esse problema.

Mas isso não quer dizer que você tenha que ficar de braços cruzados. Para potencializar seu processo criativo, você precisa ir em busca de novas inspirações, tendências e fontes de conhecimento, viu?

Com o objetivo de ajudar designers de diversas áreas, a gente preparou uma lista com ótimas dicas.

Confira a seguir!

6 ideias criativas para você desenvolver projetos incríveis de Design

É claro que cada área de atuação tem suas próprias possibilidades de ideias criativas. Afinal, cada uma delas tem um objeto de trabalho diferente.

Enquanto os designers gráficos lidam com tipologia, os designers de moda usam tecidos para criar peças de roupa. E os designers de interiores exploram a iluminação e os móveis, por exemplo, para criar ambientes agradáveis.

Por mais que os projetos de cada área sejam bem diferentes, eles têm muito em comum, sabia?

Isso porque o Design tira proveito das cores, formas, materiais, ferramentas e técnicas para produzir efeitos específicos. Ou seja, nada é intencional em um projeto de Design.

Veja abaixo algumas ideias que se tornaram fortes tendências dentro das diferentes áreas de atuação:

1. Exploração de formas básicas

Se você começar a observar, vai perceber que as formas geométricas e abstratas estão em alta. Marcam presença em materiais gráficos, sites, vídeos, estampas, entre tantos outros.

Como elas parecem ter chegado para ficar, vale a pena explorá-las em seus projetos.

Além de serem fáceis de replicar, as formas básicas são versáteis e ajudam a criar um visual limpo. E, por conta da simplicidade, podem ser usadas para criar uma linguagem fluida, ainda que abstrata.

2. Uso de uma ou poucas cores nas composições

Diante de tanta informação no mundo de hoje, o simples vem se destacando cada vez mais. Podemos observar isso acontecer com as cores.

Muitos designers preferem usar uma única cor em suas composições, chamadas de monocromáticas. Caso resolvam usar mais de uma, quanto menos melhor.

Ao mesmo tempo em que cria um visual confortável, permite comunicar o que se deseja com mais objetividade e até autenticidade.

3. Efeitos produzidos a partir das combinações de cores

A cor é o elemento visual mais expressivo de todos. Isso explica por que a escolha das cores é tão crucial na hora de criar um projeto de Design.

Cada uma delas transmite um sentimento diferente. Enquanto o azul, por exemplo, traz uma sensação de calma, o amarelo é estimulante, associado à energia.

Em vez de explorarem diversos elementos ao mesmo tempo, o Design tem dado preferência à combinação assertiva de cores para transmitir uma ideia ou mensagem.

4. Forte presença de formas orgânicas e elementos da natureza

O estilo de vida contemporâneo tem forçado as pessoas a buscar maneiras de se conectar à natureza. Com a pandemia, isso se tornou ainda mais urgente.

A ideia é explorar elementos que nos façam lembrar do meio ambiente.

Não é à toa que a gente vê o orgânico como uma característica dos projetos atuais, seja por meio dos tons terrosos, ilustrações botânicas ou uso de plantas na decoração.

ideias criativas natureza

5. Uso de materiais naturais sustentáveis

Seguindo a mesma lógica, temos visto os materiais naturais se destacarem em diversas áreas.

Na moda, os sintéticos estão sendo trocados por algodão orgânico, linho de baixo impacto e outros tecidos reciclados. Isso acontece no home design também com o predomínio do uso de vime, palha, cerâmica, entre outros materiais.

Isso nada mais é do que um reflexo da conscientização das pessoas em relação aos problemas ambientais. E o designer deve estar atento a isso.

6. Retorno dos estilos clássicos

Não é preciso ser da área para saber que os estilos são grandes marcadores de épocas. E eles costumam entrar em cena de novo de tempos em tempos.

Tanto é que recentemente começamos a viver um renascimento dos estilos clássicos. Talvez porque eles despertam um sentimento de nostalgia na gente, lembranças da casa da avó e memórias do tipo.

Por isso, mesmo os mais jovens têm sido atraídos pelo design tradicional.

Vale dizer que não estamos falando apenas de moda ou decoração. Essa volta ao passado se mostra até mesmo por meio de elementos sutis, como uma tipografia.

Como a qualificação profissional pode ajudar a potencializar ideias criativas?

A gente comentou lá no início do artigo que o processo criativo ganha força de várias formas. E uma delas é conhecimento.

Por isso, temos que falar de um tema fundamental para o sucesso de todo profissional: o investimento em lifelong learning, também conhecido como educação continuada.

A ideia é mostrar para as pessoas que o aprendizado nunca deve ser deixado de lado. Seja qual for o momento da carreira em que você está, nunca deixe de estudar para se atualizar e ganhar novos conhecimentos.

Sendo assim, mesmo quem já é formado na área deve buscar cursos de Design para ganhar novas habilidades e ter contato com ideias alinhadas ao contexto atual.

Ninguém quer ser visto como um profissional ultrapassado, não é mesmo?

Portanto, não corra esse risco. Aposte nos estudos para ficar em dia com o que existe de mais moderno na sua área.

Dê um up na sua criatividade!

E aí, o que achou da nossa lista de ideias criativas? Como você viu, além de acompanhar as tendências, jamais deixe o investimento em qualificação de lado.

Mas, caso você não saiba qual caminho deseja seguir no Design, vale a pena conhecer melhor as diferentes áreas de atuação. O que não faltam são opções, já que o trabalho dos profissionais vai muito além da ilustração.

E por falar em ideias criativas, que tal ficar por dentro de tudo o que deve constar num projeto em Design? Baixe agora mesmo nosso checklist sobre o assunto e arrase!