Embora esteja presente em todos nós, a criatividade é uma habilidade que pode ser desenvolvida. Mas como ser mais criativo? Existe um caminho certo para isso?

A gente entrega o spoiler logo de cara: não há uma receita pronta.

Porém, você pode contar com diversas práticas que servem de combustível para o seu potencial criativo, algo tão valioso na vida profissional.

Logo abaixo, vamos falar sobre a importância da criatividade e compartilhar as melhores dicas para você cultivá-la com sucesso.

Vamos lá?

Como ser mais criativo: por que você deve se preocupar com isso

Ter novas ideias, pensar em soluções e inovar são capacidades importantes em todas as profissões, mesmo as que não trabalham em áreas consideradas criativas.

No caso das pessoas que atuam no Design e em campos relacionados às artes, por exemplo, a criatividade é essencial.

Afinal, sem ela, a engrenagem de novas ideias não tem como girar.

Por isso, é importante que você descubra como ser mais criativo por meio dos comportamentos, atitudes e práticas que fazem a criatividade fluir livremente.

Além de servir para as suas criações, é uma capacidade cada vez mais valorizada pelas empresas, mesmo aquelas que não fazem parte da economia criativa.

Todo bom líder ou profissional em cargos altos precisa ser criativo.

É uma característica que não apenas leva os negócios a outro patamar como também ajuda a lidar com situações desafiadoras, que pedem novas soluções.

28 dicas para você se tornar uma pessoa ainda mais criativa

1. Invista seu tempo no que você gosta

A motivação é um fator importante quando o assunto é criatividade. Pensando nisso, uma dica é dedicar tempo a coisas que dão prazer a você.

Com isso, as ideias originais surgem mais naturalmente, com uma mente estimulada por atividades que você gosta de fazer.

2. Tenha novas experiências no dia a dia

Fazer algo novo é sempre bom. Ao deixar velhos hábitos de lado e se dispor a viver situações diferentes, você treina a sua mente para lidar com as novidades.

Assim, é possível quebrar padrões de pensamento que limitam a capacidade de pensar “fora da caixa”.

3. Saiba ultrapassar o medo de errar

Todo ser humano erra. E errar não é, necessariamente, ruim. É por meio dos erros que aprendemos e que também temos novas ideias.

Portanto, não deixe o medo de errar intimidar você. Lembre-se de que as falhas fazem parte do progresso de qualquer projeto.

4. Busque novas fontes de inspiração

Mesmo que você tenha o hábito de consumir literatura, música, cinema e outras artes, busque outras referências. É uma maneira de ampliar o seu repertório.

As obras de um artista que você não conhecia, por exemplo, pode se tornar uma fonte de inspiração importante para os seus trabalhos.

5. Deixe a curiosidade se manifestar

Já parou para pensar no que faz as crianças parecerem mais criativas que os adultos? Um dos motivos disso é a curiosidade.

Por meio dela, as pessoas buscam entender outros assuntos, o que aumenta as chances de ideias diferentes surgirem na cabeça. Afinal, é um jeito de refrescar a mente com novos conhecimentos.

6. Coloque as ideias em ordem

Tem muita gente capaz de ter ótimas ideias, uma atrás da outra, mas nenhuma acaba indo para frente por falta de organização.

Fique sabendo que a criatividade também demanda disciplina.

Portanto, tente encontrar maneiras de colocar as ideias em ordem por meio de anotações, post-its, desenhos ou o que funcione melhor para você.

7. Detalhe as ideias no papel

Mesmo que você tenha uma memória boa, não confie apenas nela. Descreva em suas anotações as ideias que teve, ainda que não sejam tão boas assim.

Se não forem para frente, pode ser que em outro momento elas se tornem úteis – nunca se sabe, não é mesmo?

Caso isso aconteça, é importante que você tenha os detalhes descritos em algum lugar.

8. Deixe a mente livre para pensar

Quando estamos com a mente cheia, a criatividade encontra dificuldades para se manifestar. Tanto é que não faltam relatos de pessoas que tiveram ideias brilhantes em momentos de ócio.

Sendo assim, uma dica é se desligar das obrigações pelo menos por alguns minutos do seu dia. Assim, você ganha espaço mental para pensar em coisas diferentes.

9. Pratique meditação

Se você é do tipo que acha difícil esquecer os problemas e esvaziar a mente, a meditação é uma prática excelente.

Além de abrir espaço para novas ideias, meditar ajuda a aliviar o estresse e a ansiedade. Comece com poucos minutos e vá aumentando gradualmente.

10. Planeje as atividades da semana

Pode ser que você não perceba, mas a falta de planejamento da rotina favorece a perda de foco.

E a criatividade acaba sofrendo as consequências também. Sendo assim, planeje seus dias para permitir que ela se manifeste.

Se não for possível planejar a semana inteira, tente pelo menos organizar as tarefas de cada dia.

11. Aprenda a fazer as perguntas certas

Para conseguir encontrar as melhores soluções, a gente precisa aprender a fazer as perguntas certas, sabia?

Isso porque são elas que funcionam como guias para as novas ideias.

Quando as perguntas estão erradas, você corre o risco de desperdiçar sua criatividade com uma ideia que não faz sentido para o problema em questão.

12. Aperfeiçoe suas habilidades

Um dos truques para ser mais criativo é dominar as habilidades que você precisa para fazer o seu trabalho, o que demanda muita prática.

Quando você se torna especialista no que faz, o exercício criativo se torna mais natural. Ou seja, as ideias tendem a surgir com menos esforço, já que você se sente seguro com o que está fazendo.

13. Esteja aberto ao inesperado

A vida é uma viagem imprevisível. Mesmo que a gente se planeje para as coisas acontecerem de uma forma, precisamos estar prontos para o inesperado.

E, muitas vezes, são os eventos que nos tomam de surpresa que acabam servindo de inspiração para novas soluções.

14. Mantenha o bom humor

Não, esta não é uma simples dica motivacional. Basta você perceber o quanto as pessoas bem humoradas percebem mais possibilidades do que as mal humoradas.

Isso porque esse olhar curioso, aberto às novidades, é o que faz a gente aproveitar as oportunidades, pensar de forma diferente e, consequentemente, ter ideias inovadoras.

15. Deixe para amanhã o que pode ser deixado para amanhã

Embora pareça um convite à procrastinação, a proposta aqui é buscar combustíveis para você ser mais criativo.

Tem vezes que não adianta insistir num trabalho, sobretudo se você estiver com a mente cansada.

Por isso, às vezes a melhor decisão é retomar a atividade no dia seguinte, quando você estiver descansado e com a mente preparada para pensar com força total.

16. Treine a sua mente para aprender coisas novas

É ótimo fazer aquilo que a gente domina, não é? Mas também é muito bom tentar desenvolver habilidades novas, desde um esporte até um trabalho manual.

A escolha vai depender dos seus interesses. O que importa é treinar a mente para aprender coisas com as quais não se está acostumado, sem nenhum tipo de pressão.

17. Crie links entre as suas ideias

Criar associações entre ideias é um jeito interessante de gerar novas. Aqui, vale tudo, mesmo as conexões mais malucas e inimagináveis.

Pode ser que as ideias não gerem uma ação concreta no final das contas, mas funcionam como excelentes exercícios para as mentes criativas.

18. Questione suas próprias ideias 

Assuma o papel de “advogado do diabo” com as suas próprias ideias. Questione tudo o que for possível para descobrir se elas continuam sendo boas depois de tantas dúvidas.

É uma estratégia de colocar as ideias em conflito para ver se elas realmente funcionam ou se precisam ser melhoradas.

19. Pare de se preocupar com a opinião dos outros

A preocupação com o que os outros acham pode ser outro fator limitante para a criatividade. Portanto, tente deixar o julgamento alheio de lado.

Dessa forma, você deixa sua mente trabalhar livremente sem se preocupar em atender às expectativas de outras pessoas.

20. Seja rebelde quanto for preciso

Ideias criativas podem pedir uma dose de rebeldia de vez em quando. Mas, calma, não estamos sugerindo que você saia chutando o pau da barraca.

Na verdade, a proposta aqui é não aceitar a realidade como ela é. Trata-se sobre discordar do que está dado e acreditar que a realidade poderia ser diferente.

21. Alimente sua vontade de aprender

A criatividade está totalmente ligada à fome por conhecimento. Sabendo disso, nunca deixe de estudar os assuntos pelos quais você se interessa.

Por meio do aprendizado, você pode ter ideias que nunca imaginou que poderia ter. Ou seja, encare o estudo como um forte aliado na sua jornada criativa.

22. Seja questionador

Uma outra forma de criar soluções inovadoras para um problema é entender a fundo como as coisas funcionam.

Portanto, não hesite em questionar tudo o que for preciso. As perguntas se tornam ferramentas essenciais na descoberta de novos métodos, fórmulas e ideias inéditas.

23. Olhe para fora

Além de aprender com os seus processos internos, busque aprender com os outros. Afinal, todo mundo tem algo a nos ensinar.

Sendo assim, sempre que tiver a oportunidade de aprender algo que você ainda não sabe, aproveite! Nunca se sabe se, em algum momento, esse conhecimento será um diferencial.

24. Esteja aberto a novas possibilidades

Nunca se feche às possibilidades que surgirem pelo seu caminho. Mesmo sem você saber, elas podem ajudar a construir pontes na sua mente criativa.

Além disso, nada acontece por acaso. Por meio de experiências diferentes e inesperadas, você pode ter insights valiosos.

25. Converse com as pessoas

Estar em contato com gente também é um estímulo à criatividade. Sendo assim, valorize as suas interações humanas.

Em certos casos, bater um papo com um amigo faz toda a diferença. A partir de um novo olhar, você pode chegar em soluções que não encontraria sozinho.

26. Faça caminhadas diárias

Ao mesmo tempo que faz bem para a saúde física, caminhar ajuda a mente a relaxar e a ter novas ideias.

Tente incluir a caminhada na sua rotina, mesmo que seja por poucos minutos. É algo que vai fazer você se sentir melhor e também mais criativo.

27. Deixe o perfeccionismo de lado

É comum que profissionais muito perfeccionistas acabem se limitando, pois o julgamento excessivo pode barrar as ideias.

Lembre-se de que toda a ideia deve ser aperfeiçoada com o tempo, pois a maioria não nasce perfeita. Mas, é claro, isso não quer dizer que os critérios tenham que ser abandonados.

28. Curta os momentos silenciosos

As interferências externas também podem impedir que a criatividade floresça. Dessa forma, tente cortá-las quando for possível.

Para isso, inclua momentos no seu dia para aproveitar o silêncio. É um alívio e ao mesmo tempo um estímulo extra para a sua mente.

Investir em qualificação profissional é uma forma de libertar a criatividade

Além de colocar essas dicas em prática, você precisa saber que o conhecimento também fortalece o potencial criativo das pessoas.

Por isso, não deixe de investir na sua qualificação profissional.

Quem se destaca no mercado de trabalho sabe que um dos segredos é nunca parar de estudar.

A graduação é apenas o primeiro passo de uma longa jornada. Conforme você avança nesse caminho e agrega novos conhecimentos, seu intelecto se transforma.

Com isso, a criatividade encontra outras fontes para aflorar com tudo!

Tirou as dúvidas de como ser mais criativo?

O objetivo deste artigo foi mostrar para você que existem vários jeitos de estimular a mente a produzir boas ideias.

Mas é fundamental que certas práticas se tornem rotineiras na sua vida para que a sua capacidade criativa seja exercitada de um jeito quase que natural.

E, claro, nunca deixe os estudos de lado, pois o conhecimento é um dos principais combustíveis da criatividade.

Precisa de dicas para ter sucesso em seus empreendimentos? Conheça as metodologias inovadoras que ajudam o seu negócio a ir mais longe!