Muitas pessoas sonham em abrir um negócio, liderar uma empresa e protagonizar a própria história. É o que você deseja para o seu futuro também?

Embora o empreendedorismo não seja novidade, a pandemia acelerou o processo de abertura de novos negócios. Mesmo diante de um cenário de incertezas e altas taxas de desemprego, os profissionais conseguiram encontrar oportunidades no mercado.

Com a possibilidade de trabalhar em home office, diversas ideias de negócio começaram a se expandir.

Mas é claro que o sucesso não surge apenas da vontade de crescer.

Para se dar bem, você precisa conhecer certas práticas e saber quais tipos de negócio têm forte potencial de sucesso. Confira a seguir!

6 melhores dicas para quem deseja abrir um negócio próprio

Veja a seguir quais práticas você deve adotar para abrir um negócio e ter ótimos resultados em curto, médio e longo prazo:

1. Amadureça as ideias antes de dar qualquer passo

Já tem uma boa ideia em mente? Isso é ótimo, mas tenha calma para não atropelar nenhuma etapa fundamental.

Antes de fazer qualquer tipo de investimento, procure amadurecer a sua ideia. Nesse sentido, vale a pena conversar com outras pessoas, entender como o mercado funciona e até pedir conselhos para empreendedores experientes.

Dessa forma, os próximos passos serão dados com mais tranquilidade.

Caso você ainda não tenha um negócio específico em mente, mergulhe em universos que estimulem sua criatividade e potencial inovador, como é o caso do Design.

Talvez a ideia nem seja tão pioneira assim, mas a abordagem usada pelos designers pode dar ótimas pistas para você seguir em frente. Isso porque eles levam em conta as necessidades reais dos consumidores.

2. Faça pesquisas de mercado para entender o cenário e a concorrência

Ainda seguindo a mesma lógica, pesquise a fundo o mercado e o setor específico onde você deseja entrar, o que inclui também os concorrentes.

Um erro comum cometido pelos empreendedores de primeira viagem é lançar um produto no mercado antes de conhecer realmente o público que desejam atingir.

Portanto, tente se munir com o máximo de dados possíveis antes de abrir o negócio para valer.

3. Crie um plano de negócio

Elaborar um plano de negócio é outra etapa fundamental. Depois de compreender o cenário, você deve definir os objetivos e os caminhos que pretende seguir para chegar ao sucesso.

É também no plano que a visão do empreendedor deve ficar clara. Com o documento em mãos, é possível avançar estrategicamente na estruturação do negócio.

4. Defina quais produtos e serviços vender

Na hora de definir o que você vai vender, mantenha o foco. Isso porque tentar atingir clientes com muitos perfis diferentes não costuma ser uma boa estratégia.

Sobretudo no começo, o ideal é escolher produtos e/ou serviços voltados para um nicho de mercado. Ou seja, para um público segmentado.

A proposta é que você aprenda a lidar com as dificuldades de um único setor, entenda a reação do público e busque melhorias para expandir o negócio no futuro, se for o caso.

5. Tenha um diferencial competitivo e agregue valor a sua marca

Outro ponto fundamental é você ter clareza sobre o que seu negócio tem de diferente dos concorrentes, pois esse deve ser o principal fator competitivo.

Além do preço do produto ou serviço, o valor está associado a uma questão subjetiva, de percepção das pessoas.

É aquele diferencial que faz um consumidor pagar mais por um produto em vez de escolher a opção mais barata ou até de qualidade semelhante.

6. Desenvolva habilidades de gestão

Enquanto empreendedor, você deve se preocupar em ganhar não apenas conhecimento, mas também desenvolver habilidades de gestão.

Uma delas, por exemplo, é a financeira. Além de controlar o que entra e o que sai, a organização das finanças é o que ajuda a definir preços e traçar metas para a empresa.

Mas ela não é a única. Outras ligadas a recursos humanos, logística, comunicação e marketing também são essenciais para o negócio ir para frente.

Em quais tipos de negócio vale a pena apostar?

Se você tiver uma ideia inovadora, fazer um bom planejamento, desenvolver as habilidades necessárias e tudo mais, as chances de o negócio dar certo são altas.

No entanto, alguns tipos de negócio têm crescido e se destacado mais que outros nos últimos tempos. É importante ficar de olho neles para ter uma noção dos rumos que o mercado está tomando.

Veja a seguir:

E-commerce

O comércio eletrônico é um dos setores que mais crescem, mesmo nos períodos de crise econômica. Isso explica por que tantos empreendedores vêm apostando suas fichas em lojas virtuais que trabalham com uma infinidade de produtos.

Por serem quase completamente digitais, esses modelos de negócio demandam um baixo investimento inicial e são facilmente escaláveis.

Refeições por delivery

Além de vender comida em restaurantes, o delivery se tornou a solução não apenas na vida de quem trabalha no ramo de alimentação como também dos consumidores.

Para começar, o empreendedor não precisa de muito. E com a ajuda das redes sociais e aplicativos de entrega, hoje é mais fácil atingir um público maior.

Produtos para o mercado de pets

O Brasil é um dos maiores mercados de produtos pet do mundo, o que já explica o potencial de crescimento desse tipo de negócio.

Por a demanda ser bastante alta e o público cada vez mais exigente, é possível conseguir bons lucros.

Modelos de assinatura de produtos e/ou serviços

Entre os negócios que vêm ganhando destaque de uns tempos para cá estão aqueles que trabalham com assinatura de produtos e serviços diversos.

Ainda mais quando a empresa oferece opções personalizadas para cada cliente, as chances de o negócio lucrar se tornam ainda maiores.

Pronto para abrir um negócio?

Apesar de não ser uma tarefa simples, quem tem vontade de empreender costuma se sentir realizado ao abrir um negócio em que acredita.

Por isso, faça uma boa preparação antes de começar a tirar as ideias do papel. Vá em busca da qualificação necessária e entenda muito bem como o mercado em que você pretende entrar funciona.

Afinal, conhecimento é tudo na jornada empreendedora!

Quer conhecer metodologias inovadoras do Design? Baixe o infográfico gratuito e conheça 4 técnicas para potencializar os negócios!