Já pensou em contar com um plano de estudos para ajudar você na faculdade? Saiba que ele é capaz de revolucionar a sua vida de estudante!

Com tanta coisa para fazer ao longo da semana, botar as tarefas da graduação em dia nem sempre é fácil.

Porém, é muito importante que você aproveite ao máximo o curso para se tornar um ótimo profissional e chegar com tudo no mercado de trabalho.

Mas qual é a boa do plano de estudos? E quais são os passos para montar um?

Encontre as respostas para essas perguntas logo abaixo!

Quais as vantagens de montar um plano de estudos?

O objetivo de ter um plano de estudos é trazer mais organização para o seu dia a dia. Junto disso, ele traz outras vantagens para você. Confira!

Cria uma rotina

Se você não reservar um momento específico do dia para estudar, fica bem mais complicado concluir todas as tarefas necessárias.

O planejamento resolve esse problema, pois insere os estudos na sua rotina, como acontece com outras atividades que se tornam h√°bitos.

Melhora o foco

Nem todo mundo consegue manter o foco nos estudos. Isso porque a gente sempre est√° lidando com outras obriga√ß√Ķes ao mesmo tempo.

Mas, com a dose de organização certa, você deixa de perder energia pensando no que precisa fazer ou tentando encaixar as tarefas ao longo do dia.

Aumenta a produtividade

Outra vantagem é que você se torna mais produtivo, sabia? Afinal, o que deve ser feito já foi definido antes.

Se a sua meta do dia é terminar 10 exercícios, essa vai ser sua prioridade. Isso ajuda você a produzir mais em menos tempo.

Traz equilíbrio

Embora a faculdade exija dedica√ß√£o, n√£o √© saud√°vel passar todos os dias da semana estudando. √Č a mesma coisa com o trabalho e outras quest√Ķes da vida.

Com um plano bem feito, é possível separar um tempo para fazer outras coisas, descansar e cuidar de você. Ou seja, encontrar o ponto de equilíbrio.

5 dicas práticas para você montar seu plano de estudos

1. Descubra como você usa o seu tempo

O primeiro passo é entender para onde vai o tempo do seu dia. Ou seja, quais são as suas atividades diárias, o que consome mais tempo e quais momentos livres você tem.

Uma forma de fazer isso √© anotar tudo, absolutamente tudo! Os registros devem incluir as horas de aula da faculdade, deslocamentos, exerc√≠cios f√≠sicos, refei√ß√Ķes e at√© o tempo gasto checando as mensagens no celular.

Pode até parecer bobagem, mas tudo precisa ser contabilizado.

E aqui vai um alerta: seja realista na hora de estimar o tempo gasto com cada atividade. Isso vai ajudar o seu plano de estudos a funcionar de verdade.

2. Defina o hor√°rio de estudo

Depois de descobrir como seu tempo é usado, veja o que dá para cortar ou otimizar no seu dia a dia. O objetivo é ganhar mais tempo para se dedicar aos estudos.

Então, você deve definir um horário fixo para estudar, como um compromisso de verdade, que não pode ser adiado.

Fique sabendo que ter esse período determinado todos os dias ajuda não apenas nos estudos como também nas outras atividades.

Afinal, aquele momento deve servir para algo específico. E aí você não perde tempo pensando no que precisa fazer em cada parte do dia.

plano de estudos organização

3. Crie metas para si mesmo

Para criar um plano de estudos, é preciso ter metas bem definidas. Mas quais tipos de metas?

Leve em conta os trabalhos da faculdade, as leituras e as disciplinas que você tem mais dificuldade. Com base nisso, fica mais fácil traçar as metas.

Elas podem ser, por exemplo: ler um artigo por dia, terminar X n√ļmero de exerc√≠cios por semana ou revisar o conte√ļdo do semestre para tal prova.

4. Monte um cronograma de estudo

Finalmente chegou a hora de organizar as tarefas! E a melhor forma de fazer seu planejamento é usando um cronograma de estudo.

Quem vai definir o período desse cronograma é você. No entanto, vale dizer que quanto mais antecipadamente você se organizar, melhor.

Portanto, uma sugestão é distribuir as tarefas ao longo do mês, pois assim elas não se acumulam. Ainda, você não corre o risco de ter muita coisa para estudar poucos dias antes de uma prova, por exemplo.

5. Busque estímulos positivos

Com a ajuda das metas e da organização do plano de estudos, manter o foco é mais fácil, pois você sabe onde quer chegar.

Entretanto, procurar outros estímulos nunca é demais!

Ouvir m√ļsica enquanto estuda, sobretudo as instrumentais, √© algo que pode ajudar voc√™ a se concentrar. Al√©m de ser agrad√°vel, d√° um al√≠vio para os barulhos externos que talvez estejam atrapalhando voc√™.

Fazer atividades físicas também colabora com o foco, sabia? Portanto, não pense que você está perdendo tempo de estudo ao praticar um esporte, sair para caminhar ou andar de bicicleta.

Por que descansar a mente é tão importante para render nos estudos?

Cuidado para não se deixar levar pela ideia de que você precisa dar o seu sangue para o aprendizado acontecer.

Embora um curso superior exija bastante dos estudantes, a busca pelo equilíbrio é fundamental para manter um bom rendimento, tirar boas notas e tudo mais.

Por isso, ao montar o seu plano de estudos, não esqueça de separar um tempo para o descanso.

Durante o período de estudo, faça algumas pausas para repousar a mente. Elas podem ser curtinhas, de 5 a 10 minutos, mas já são suficientes.

Isso porque o nosso cérebro tem um limite de tempo para se manter focado. Se a gente não deixar a mente descansar, o rendimento tende a cair, viu?

Outro ponto importante é reservar momentos para relaxar, fazer o que você gosta e ficar com a família e os amigos. Afinal, a gente precisa de tempo para se dedicar ao que nos faz feliz para recarregar as energias.

Junto dos cuidados com o corpo, alimenta√ß√£o e boas noites de sono, esses per√≠odos de descanso ajudam a manter a sa√ļde mental em dia.

Partiu colocar ordem nos estudos?

Depois de ficar por dentro das vantagens de contar com um plano de estudos, você provavelmente vai querer se organizar melhor.

Até porque, como a gente mostrou aqui, fazer esse planejamento não é nada de outro mundo. Basta você seguir as nossas dicas!

Que tal uma força extra? Baixe agora o infográfico sobre o jovem no mercado de trabalho, preparado pela equipe do IED!