Diversos obstáculos surgem na trajetória dos jovens no mercado de trabalho. Por isso, é normal que você se sinta um pouco inseguro no começo da carreira.

Além disso, o país vem lidando com as consequências da crise econômica agravada pelo cenário de pandemia. E esses fatores trouxeram algumas dificuldades extras.

De 2014 para cá, o desemprego entre os jovens cresceu mais do que a média brasileira. A população jovem foi a que mais perdeu renda e postos de trabalho entre 2019 e 2020. No entanto, não deixe o pessimismo tomar conta de você!

A seguir, vamos falar mais sobre os desafios e mostrar como superar todos eles. Bora lá?

6 desafios enfrentados pelos jovens no mercado de trabalho

Se você está dando seus primeiros passos na vida profissional, com certeza vai se identificar com as dificuldades que listamos a seguir:

1. Lidar com a falta de experiência profissional

A maioria das vagas de emprego exige um determinado nível de experiência dos candidatos. E a gente vê esse ser um requisito até para vagas de estágio – o que deveria ser considerado ilegal.

Por isso, a falta de experiência prática acaba sendo um fator limitante na vida dos profissionais de primeira viagem.

Sobretudo em tempos de crise, as empresas dão preferência aos candidatos que já têm bagagem suficiente para começar produzindo.

2. Encontrar empresas alinhadas aos seus propósitos de vida

Cada pessoa tem um perfil profissional, diferentes valores e objetivos de vida. E você deve levar esses aspectos em conta na hora de encontrar seu lugar no mercado de trabalho.

Isso porque é importante que a empresa para a qual você vai trabalhar esteja alinhada a sua visão de mundo.

Dessa forma, as chances de você se sentir satisfeito com o emprego são muito maiores.

3. Identificar seus pontos fortes e fracos

Outra dificuldade de quem está em início de carreira é saber quais são as principais qualidades e o que ainda precisa ser aprimorado.

Afinal, isso faz parte de um processo de autoconhecimento que vai se dando ao longo da vida. 

4. Preparar um currículo atraente aos olhos dos recrutadores

Muitos jovens também não sabem elaborar um currículo de forma adequada. Ou seja, colocar as informações certas, de forma objetiva e bem distribuídas no layout.

Você deve ter em mente que os recrutadores recebem inúmeros currículos para as vagas abertas. Ou seja, eles não têm tempo de ficar olhando um por um com a calma que gostariam.

Por ser o primeiro contato dos candidatos com a empresa, o currículo deve chamar atenção para o que realmente importa e estar livre de erros de português.

5. Destacar-se entre os demais candidatos na disputa por vagas

Por ainda não terem experiência no mercado de trabalho, os jovens podem achar difícil se diferenciar de seus concorrentes. É algo natural nessa etapa da vida.

Conforme você avança nos estudos, ganha novas habilidades e adquire experiências diversas, fica mais fácil identificar quais características ajudam você a se destacar.

6. Controlar a ansiedade provocada pelos processos seletivos

Sobretudo nas empresas maiores, o processo seletivo costuma ter várias etapas e levar um tempo até ser concluído.

Além da seleção de currículo, os candidatos passam por entrevistas, dinâmicas em grupo e testes de habilidades. E aí é normal a insegurança começar a bater.

Mas, aos poucos, você se familiariza com os processos seletivos e passa a encará-los com maior tranquilidade.

O que os jovens no mercado de trabalho podem fazer para superar essas dificuldades?

Os desafios estão aí. Mas não é por isso que você deve abaixar a cabeça, muito pelo contrário!

Confira a seguir as dicas que vão ajudar você se dar bem e chegar cada vez mais longe:

Invista em qualificação profissional

Fazer um bom curso superior na área em que deseja atuar é fundamental.

Diante da alta exigência do mercado, tem mais chances de conquistar uma vaga quem é qualificado.

Sendo assim, veja a sua educação como prioridade e nunca pare de aprender.

Prepare seu currículo com o máximo de cuidado

Se você ainda não tem experiência profissional, tente dar destaque aos conhecimentos que são relevantes para a sua área de atuação.

Demonstre seu potencial por meio de outras vivências que você possa ter tido, como:

  • projetos que liderou na faculdade;
  • participação em empresa júnior;
  • trabalhos voluntários;
  • cursos de idioma;
  • intercâmbios;
  • entre outros.

Além disso, revise o documento quantas vezes for preciso para não deixar nenhum erro de português passar batido.

Pesquise sobre as empresas antes de se candidatar às vagas

Antes de mandar seu currículo, pesquise sobre a empresa caso nunca tenha ouvido falar sobre ela.

Entre no site, leia os conteúdos institucionais, o que a empresa faz e como atua no mercado.

Dessa forma, é possível descobrir se a organização combina com o seu perfil e oferece aquilo que você espera para a sua carreira.

Busque desenvolver competências comportamentais

Cada vez mais o mundo corporativo valoriza as competências comportamentais, também chamadas soft skills, que incluem, por exemplo:

  • capacidade de análise;
  • trabalho em equipe;
  • comunicação clara;
  • resiliência;
  • liderança;
  • empatia.

Isso explica por que todas as vivências que você já teve importam na vida profissional. É por meio delas que as pessoas adquirem essas habilidades.

Crie familiaridade com as ferramentas tecnológicas

Embora os mais jovens venham sofrendo mais com a crise do que as gerações anteriores, são eles que saem na frente quando o assunto é tecnologia.

E não importa a área em que você vai trabalhar. Hoje a maioria das profissões depende do uso de ferramentas tecnológicas.

Portanto, não pense duas vezes antes de explorar os recursos usados na sua área. Assim, você vai estar um passo à frente da maioria.

Chegue com tudo no mercado de trabalho!

Toda nova etapa da vida vem acompanhada de novos desafios. E não seria diferente com os jovens no mercado de trabalho.

A primeira coisa, portanto, é entender que as dificuldades fazem parte – e está tudo bem.

Depois, coloque as nossas dicas em prática e derrube todos os obstáculos!

Que tal uma força extra para alcançar o sucesso profissional? Confira agora o passo a passo para ter um futuro promissor!