A faculdade de Design de Produto e Serviço é uma ótima aposta para quem tem vontade de trabalhar projetando soluções para a vida das pessoas.

Afinal, esse é o papel do designer!

Por ter uma abordagem transdisciplinar, esse curso forma profissionais para superar os desafios de um futuro em constante mudança.

Ou seja, eles têm a oportunidade de seguir vários caminhos diferentes, agregando valor às marcas, desenvolvendo serviços inovadores e produtos com novas funcionalidades.

Confira a seguir tudo o que você precisa saber sobre esse curso de graduação e as possibilidades de carreira!

Entenda como funciona a faculdade de Design de Produto e Serviço

Para se dar bem na área, você deve investir em uma boa faculdade de Design de Produto e Serviço. Isso porque ter um diploma de ensino superior faz toda a diferença.

Além de ganhar os conhecimentos necessários, você desenvolve ao longo dos 4 anos de curso habilidades importantes para a profissão.

Saiba que os estudantes têm a chance de aprender muito mais do que apenas criar novos objetos. Por meio de uma abordagem avançada da área, essa graduação prepara o designer para encarar os desafios do futuro.

Afinal, a ideia é formar profissionais capazes de olhar com empatia para as pessoas. Só assim é possível entender suas reais necessidades, desejos e hábitos.

Você também precisa se preparar para colocar a mão na massa!

Depois de ter contato com as teorias, os alunos precisam aplicá-las em projetos reais. Ou seja, são desafiados desde o início para pensar em soluções para problemas locais e globais.

Desde o primeiro semestre, os projetos experimentais fazem parte do dia a dia dos estudantes. Além de fazer as matérias regulares, para se formar, você precisa cumprir horas de:

  • atividades complementares;
  • disciplinas optativas;
  • estágio supervisionado;
  • e projeto de conclusão de curso.

Quais são os principais assuntos estudados ao longo da graduação?

Na faculdade de Design de Produto e Serviço, você vai ter aulas de diversos assuntos, não apenas específicos do Design como outros ligados às artes e ciências sociais.

Confira a seguir a grade curricular do curso oferecido pelo IED:

1° semestre

  • História da arte
  • Sistemas sustentáveis
  • Antropologia cultural
  • Percepção visual
  • Projeto experimental
  • Desenho livre I
  • Representação digital I
  • Prototipação experimental
  • Tópicos avançados
  • Atividades Complementares I

2° semestre

  • História da arte contemporânea
  • História do Design
  • Semiótica
  • Linguagem visual
  • Materiais tradicionais
  • Projeto integrado
  • Linguagem fotográfica
  • Desenho técnico I
  • Desenho livre II
  • Tópicos avançados
  • Atividades Complementares II

3° semestre

  • História do Design brasileiro
  • Materiais contemporâneos
  • Biodesign
  • Projeto DP&S 1
  • Design técnico II
  • Representação tridimensional
  • Oficina de prototipação I
  • Tópicos avançados
  • Optativa I
  • Atividades complementares III

4° semestre

  • Design estratégico
  • Narrativas
  • Ergonomia
  • Sociologia contemporânea
  • Projeto DP&S 2
  • Representação digital I
  • Oficina de prototipação II
  • Tópicos avançados
  • Optativa II
  • Atividades complementares IV
  • Estágio supervisionado I   

5° semestre

  • Futurologia
  • Projeto DP&S 3
  • Experiência do usuário e interface I
  • Representação digital II
  • Oficina de prototipação III
  • Tópicos avançados
  • Optativa III
  • Atividades Complementares V
  • Estágio supervisionado II  

6° semestre

  • Gestão do Design
  • Branding e identidade visual
  • Representação digital III
  • Experiência do usuário e interface II
  • Oficina de prototipação IV
  • Tópicos avançados
  • Optativa IV
  • Atividades complementares VI
  • Estágio supervisionado III 

7° semestre

  • Empreendedorismo
  • Práticas profissionais
  • Projeto de conclusão I
  • Estágio supervisionado IV

8° semestre

  • Projeto de conclusão II + Projeto
  • Book
  • Representação digital IV
  • Apresentação
  • Estágio supervisionado V

A seguir, conheça melhor algumas das disciplinas mais importantes da faculdade de Design de Produto e Serviço.

Representação digital

Nas aulas de representação digital, os alunos aprendem a usar técnicas digitais de modelagem para criar objetos tridimensionais.

O domínio desses recursos ajuda os futuros profissionais a projetarem soluções, mostrando detalhes de sua aparência, inclusive por meio da simulação de materiais.

História do Design

Para ter uma visão crítica do Design, nada melhor do que estudar sua história e relação com o contexto de cada época.

Por isso, nesta disciplina, os estudantes ficam por dentro dos conceitos da área como também das contribuições de designers que influenciam a prática de projeto até hoje.

Design estratégico

O Design estratégico mostra como os valores, crenças e ferramentas usadas pelas marcas para interagir com o mercado podem ter um papel estratégico.

Afinal, todos esses elementos compõem a identidade delas. E, ao mesmo tempo, ajudam a superar os desafios do mercado.

Experiência do usuário e interface

Nesta disciplina, os alunos estudam como a experiência do usuário é capaz de produzir impactos significativos para as empresas.

Levando em conta que a gente vive numa era digital, as interfaces de aplicativos, websites e sistemas têm um peso muito grande na experiência. Portanto, os designers precisam aprender a usá-las a favor das organizações.

Empreendedorismo

Conhecer as melhores práticas de empreendedorismo pode fazer toda a diferença em algum momento da carreira dos designers. É por isso que essa disciplina existe.

Assim como em outras áreas, no Design também ocorre de os profissionais trabalharem como freelas ou abrirem os próprios negócios para prestar serviço para outras empresas.

5 opções de carreira para quem se forma na faculdade de Design de Produto e Serviço

1. Design de Serviços

Aqui, o designer é quem cuida de todo planejamento e organização de um serviço, com o objetivo de melhorar a qualidade e a interação com os clientes.

Por meio do Design, é possível oferecer serviços mais inteligentes, levando em conta a infraestrutura, comunicação, competitividade, entre outros aspectos.

2. Prototipagem

Todo produto passa por várias fases de desenvolvimento antes de ser lançado no mercado. Afinal, as funcionalidades precisam ser testadas.

Para isso, os designers criam protótipos para visualizar os objetos, pensar em melhorias ou recriá-los a partir de novas ideias.  

3. Desenvolvimento de Produtos

O designer de produto também pode atuar no desenvolvimento de outra maneira, buscando oportunidades de inovação.

Quem trabalha nessa área precisa fazer pesquisas de mercado e de opinião para descobrir quais são as reais necessidades do seu público.

4. Design de Embalagens

Já o trabalho com Design de embalagens costuma ser mais conhecido. Como o nome diz, é voltado para a criação de embalagens de todos os tipos.

Além de eficientes, elas precisam ajudar a transmitir o conceito, valores e mensagens das marcas para os seus clientes. Esses objetivos podem ser cumpridos por meio de um formato adequado e de elementos visuais escolhidos a dedo.

5. Gestão de projeto

Quem tem um perfil de liderança pode trabalhar como gestor de projeto. Por exigir mais experiência, costuma ser uma função exercida pelos mais experientes.

Com uma visão global do mercado, quem está à frente dos projetos consegue elaborar estratégias eficientes e acompanhar todo o processo de produção.

Bora investir no seu futuro!

As oportunidades para quem se forma na faculdade de Design de Produto e Serviço são muitas. 

Além de enriquecer o seu currículo, o diploma prova para o mercado de trabalho que você domina os conhecimentos necessários.

Portanto, não deixe a sua qualificação profissional para depois.

Dê o primeiro passo e venha saber mais sobre a faculdade de Design de Produto e Serviço do IED!