IED | Istituto Europeo di Design
Você está em:
MOTIVOS PARA ESTUDAR AUTOMOTIVE DESIGN NO IED SãO PAULO

Motivos para estudar Automotive Design no IED São Paulo

Bate papo com Fernando Morita, coordenador do One Year em Automotive Design do IED São Paulo

·

A indústria automotiva é um dos pilares da economia mundial e segue em constante reinvenção, buscando novas alternativas mais sustentáveis e em linha com um mundo pautado pela mobilidade física e digital.

O curso de One Year em Automotive Design oferecido pelo IED São Paulo é ideal para um aprofundamento completo em design de automóveis. O coordenador do curso, Fernando Morita, é um renomado profissional atuante no mercado automotivo há 15 anos e explica o formato do programa One Year inédito no Brasil.

·

IED São Paulo: Qual o diferencial do curso de Automotive Design do Istituto Europeo di Design São Paulo?

Fernando Morita: O IED São Paulo é a única faculdade do Brasil a oferecer um curso neste perfil. Além disso, o aluno tem a possibilidade de vivenciar um módulo internacional em Turim, na Itália.

·
IED SP: A quem se destina o curso?

F.M.: Estudantes de design que queiram ingressar na área automotiva e todos aqueles apaixonados por automóveis.

·

Clique para ampliar a imagem e conferir as parcerias do IED São Paulo no setor automotivo

·

IED SP: Como funciona o módulo internacional no IED Torino?

F.M.: Para o designer automotivo, ele não pode enxergar o mercado apenas local, precisa ter um pensamento global e este módulo no IED Torino, abre portas para esta visão mais ampla, onde vamos conhecer museus, estúdios e profissionais do setor.

·

IED SP: Quais são as oportunidades de trabalho após finalizar o One Year?

F.M.: O foco principal são os estúdios de design das indústrias automotivas, mas capacitamos também para trabalhar em estúdios de encarroçadoras de ônibus, brinquedos, customizadoras, motos, e tudo ligado a este meio.

·

Se identificou?

O curso de Automotive Design é completo para o seu perfil. Matrículas abertas!

IED PARLA | A INTERNACIONALIZAçãO DO DESIGN

IED Parla | A Internacionalização do Design

A segunda edição do IED Parla Verão contará com um bate papo sobre o tema A internacionalização do design. Os convidados vão discutir sobre os caminhos e as oportunidades para o design brasileiro dentro do panorama internacional. A conversa contará com a presença da coordenadora do curso Design de Mobiliário, Flávia Alves de Souza, além dos convidados Leonardo Lattavo, Guilherme Leite Ribeiro e Ricardo Graham.

Na Itália do pós-guerra, o artesanato se juntou à pequena e média indústria para desenvolver uma concentração de designers de altíssimo nível. A partir de incentivos do governo, a Holanda criou seu próprio estilo de design. Hoje em dia, o design é feito no centro da produção mundial: a China. No Brasil, nossa criatividade inata despontou em setores como a moda, mas não veio junto de uma indústria preparada para a pesquisa e o desenvolvimento de novos produtos. Nessa brecha existe a possibilidade de inovar e pensar novos caminhos para o design brasileiro.

O bate papo vai rolar no terraço do IED, dia 02 de fevereiro, às 19hs, com aquele vistão que você já sabe. Além disso, os participantes inscritos irão concorrer a uma bolsa de 50% para o curso Design de Superfície!

Vem aproveitar o verão com a gente! Inscreva-se para participar aqui.

Em caso de chuva, o evento ocorrerá no espaço interno da Escola.

 

Sobre os convidados

Flavia Alves de Souza é designer com master na Scuola Politécnica de Design em Milão. Colaborou com o Studio Sottsass Associati, desenvolvendo objetos, mostras, internos de iate e casas. No próprio estúdio, desenhou vasos em vidro serigrafado para Egizia, prata para Pampaloni, Inox para Brognoli, cristais para Colle, decoração para Muraoca, porcelanas para Rosenthal, móveis para Edra, joias para San Lorenzon e luminárias para Tecnodelta e Bright. Desenvolveu projetos em cerâmica no Centro Europeu de Cerâmicas, na Holanda. Foi premiada na Alemanha com brinquedos no concurso “Lorenz”; recebeu o prêmio Macef 2002; foi selecionada pela ADI Design Index e recebeu o prêmio “The best Yachts of 2002 – Show Boats Awards”.

Leonardo Lattavo é arquiteto e urbanista com mestrado em Arquitetura na University College of London. Tem diversos projetos de arquitetura e interiores realizados na Inglaterra, Itália, Espanha e Alemanha, entre eles diversas lojas. Entre os anos de 1997 e 2004 morou em Londres e deu uma volta ao mundo antes de regressar ao Brasil para fundar a Lattoog Design junto com Pedro Moog. Atua hoje nos campos de arquitetura, design e artes plásticas.

Guilherme Leite Ribeiro é formado em belas artes e comunicação em Nova York, e atuou no mercado internacional de publicidade e design durante dez anos. Trabalhou como designer na Bianco & Cucco, em Milão. Foi Diretor de Arte na Schell/Mullaney, em Nova York. Voltou ao Brasil para investir na sua propria agência, 2pG, onde atuou como Diretor de Criação. Em 2003, com seu “know-how” em design, produziu sua primeira linha de móveis. Atualmente, coordena o estúdio Nada Se Leva, em parceria com o designer André Bastos. É professor do curso Saperfare Design de Mobiliário, do IED Rio.

Ricardo Graham é ebanista, designer e artesão especializado na produção de peças feitas em madeira. Permaneceu por três anos na Itália, onde aprendeu o ofício da marcenaria com mestres artesãos de Meda, a chamada ‘cidade do móvel’, localizada ao norte de Milão. Especializou-se na École Supérieure d’Ébénisterie d’Avignon, onde obteve o título superior em ebanisteria. Desde 2006, sua oficina desenvolve e produz peças feitas em madeiras maciças tropicais. É professor do curso Saperfare Design de Mobiliário, do IED Rio.

Acompanhe o evento no face!

#IEDParla #DesignSe #EuFaçoOQueEuAmo #DesignBrasileiro

IED ESTARá COM UM ESPAçO NA IDA – EXPOSIçãO INTERNACIONAL DE DESIGN E ARTE, NA ARTRIO 2016, E UMA PROGRAMAçãO DE MESAS-REDONDAS NO AUDITóRIO DO ARMAZéM 4

IED estará com um espaço na IDA – Exposição Internacional de Design e Arte, na ArtRio 2016, e uma programação de mesas-redondas no Auditório do Armazém 4

O IED [Istituto Europeo di Design] participa da IDA – Feira de Design do Rio, que integra a ArtRio, que abre a partir de 28 de setembro de 2016 para convidados, e no dia seguinte para o público, no Píer Mauá. Em seu espaço, o IED usou material totalmente reciclável, como sarrafos de madeira, que serão depois reaproveitados integralmente. O IED programou quatro mesas-redondas, que serão realizadas no Auditório do Armazém 4, com profissionais conceituados sobre os temas: “Formação em Design”, “Criação”, “Arte, Artesanato e Design”, e “Design Efêmero”.

O estande do IED no IDA 2016 terá uma estrutura contemporânea resultante de um método construtivo de cenografia crua, que prevê, para a construção de espaços temporários, o uso de materiais com o mínimo de interferência possível em seu estado natural ou em seu estado original de fábrica. Todo o material utilizado no estande permanecerá intacto, com o mínimo de intervenção possível para que seja doado posteriormente para a construção de outros espaços ou mobiliários de maior duração. O projeto de cenografia foi realizado por Suzane Queiroz, com projeto de iluminação de Beti Font. A curadoria de conteúdo das mesas-redondas são do designer Marco Zanini.

 Dia 29 de setembro, às 18h – Formação em Design com Claudio Magalhães, da PUC Rio, Zoy Anastassakis, da Esdi, Fabio Palma, do IED e mediação de Gabriela Agustini, da Olabi.

 Dia 30 de setembro, às 18h – Criação com Ricardo Graham [O Ebanista], Felipe Rangel [Estúdio Baobá], e mediação de Ricardo Peruchi [IED].

 Dia 1º de outubro, às 14h – Arte, Artesanato e Design com Rosane Rosa [Rede Asta], Heliana Marinho [CRAB], e mediação de Tulio Mariante [MAM].

 Dia 1º de outubro, às 18h – Design Efêmero Com Suzane Queiroz [Pandega e IED], Ana Monte [Ydreams], e e mediação de Flavia Mendonça [IED].

Os participantes

Ana Monte dirige a criação da agência Ydreams desde 2010, onde é responsável por uma equipe multidisciplinar, capaz de criar, conceituar e produzir desde museus e exposições interativas como “Senna Emotion”, “Niemeyer – Uma trajetória em Curvas” e “Museu Nave Cidade Olímpica”, a espaços como o Bradesco Next, estandes tecnológicos como Petrobras, Ipiranga e Qualcomm.

Claudio Magalhães é diretor do DAD (Departamento de Artes e Design da PUC Rio) e atua no Programa de Pós-Graduação (mestrado e doutorado) do DAD, coordenando o Laboratório de Gestão em Design e o Núcleo de Experimentação em Tridimensional. Publicou o livro “Design Estratégico” (1995) pelo Programa Brasileiro do Design. Atua nas áreas de design estratégico, inovação tecnológica, gestão, política, empreendedorismo em design.

Fabio Palma é diretor do IED (Istituto Europeo di Design) Rio de Janeiro desde 2010, quando deixou o IED de Barcelona onde era diretor de Formação Avançada, depois de lecionar Sociologia da Comunicação e de Projetos de Comunicação na instituição espanhola. Mora no Rio, para onde veio estruturar, abrir e dirigir a sede carioca do IED.

Felipe Rangel tem mais de 15 anos de experiência com a indústria, é desenhista industrial formado pela PUC Rio, onde supervisiona a habilitação de projeto de produto no curso de Design, e é professor de projeto há mais de dez anos. Preside o Estúdio Baobá, depois de ter fundado o grupo Oitis 55.

Flávia Mendonça trabalha há dez anos em design e é especializada em assuntos relacionados a branded content, moda, design, comportamento de consumo, tendências e roteiro de viagens. Colaborou com empresas de pesquisa de tendências como o WGSN, Trend Büero e hoje atua na Stylus.

Gabriela Agustini é fundadora e diretora do Olabi Makerspace, empreendimento social focado em inovação, tecnologia e criatividade com sede no Rio de Janeiro e projetos espalhados pelo país – e é membro da rede global de fablabs. É professora de empreendedorismo na FGV Rio e de cultura e tecnologia na Universidade Cândido Mendes.

Heliana Marinho é coordenadora de Economia Criativa do Sebrae/Rj e coordenadora do CRAB (Centro de Referência do Artesanato Brasileiro). Arquiteta pela UFPA; Doutora em Administração (FGV/EBAPE); Mestre em Administração Pública (FGV/EBAPE); Especialista em Gestão Estratégica e Inovação (HSM); Especialista em Desenvolvimento Local e Territorial (IBAM).

Ricardo Peruchi dirige a comunicação institucional do IED de São Paulo desde 2012, dedicando-se à produção de conteúdos em várias plataformas. Com uma vivência de 20 anos nas salas de aulas, lecionou em cursos preparatórios, foi professor convidado da PUC SP, e atualmente escreve livros didáticos de Artes e Linguagens.

Rosane Rosa é diretora de desenvolvimento e marketing da Rede Asta, formada em Psicologia, com experiência de 25 anos na área de marketing, varejo e gestão de negócio. Antes de fazer parte da Asta, trabalhou na Shoptime no Brasil, ocupou cargos de direção e gerência  na Casa & Vídeo e Globex /Ponto Frio.

Suzane Queiroz, arquiteta formada pela UFRJ, atua há 21 anos nas mais diversas áreas da cenografia. Em 2001 fundou a empresa Pândega, onde realiza um trabalho multidisciplinar na criação de cenários com uma ampla área de atuação: teatro, shows, estandes, exposições, estúdios, passarelas, eventos corporativos e culturais. Foi eleita a Designer de Ambientes do Ano em 2010 e 2012 pelo Prêmio Colunistas. Coordena o curso Criação em Cenografia no IED Rio.

Tulio Mariante, criador e diretor da Novo Desenho, lojas de design no MAM Rio e no MAR, é o curador de design do MAM Rio, onde realizou a exposição “Design e a Madeira”, em 2015. Mariante foi curador de eventos variados nos últimos quinze anos. Dentre várias exposições, foi curador de “Cartaz Africano, o Grito” (MAM Rio, 2011), "Alegria" e "Lina Bo Bardi Designer" (2011 e 2012), dentro do Festival Internacional Europalia, em Genk, na Bélgica, e “Banquinhos do Brasil” (2009, POP, Rio).

Zoy Anastassakis, diretora da Escola Superior de Desenho Industrial da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Esdi), tem grande experiência em design de comunicação, cenografia e direção de arte, bem como em pesquisa e consultoria de inovação e design estratégico, tendo atuado como coordenadora de pesquisa e projeto nas empresas MJV Tecnologia e Inovação e Cria Global. Coordena o Laboratório de Design e Antropologia (LaDA).

 

IED na IDA – Exposição Internacional de Design e Arte, na ArtRio [Armazém 4]

Abertura: 28 de setembro de 2016 (para convidados)

Visitação pública: 29 de setembro a 2 de outubro de 2016. A partir das 13h (até as 20h na quinta, sexta e sábado, e até as 19h no domingo). Entrada principal do Píer Mauá (em frente à Praça Mauá)

Ingressos: R$ 30,00 inteira | R$ 15,00 meia-entrada

Classificação 18 anos. Menores de idade somente acompanhados do responsável legal.

O DESIGN NA FLORESTA DOS SÍMBOLOS – META-FETICHISMO

O DESIGN NA FLORESTA DOS SÍMBOLOS – META-FETICHISMO

Última Edição do Ciclo de Conferências acontece no IED Rio no dia 10 de novembro

Chegamos à última edição do Ciclo de Conferências – Design na Floresta dos Símbolos com a palestra Meta-Fetichismo, dessa vez ao vivo no Rio de Janeiro! Massimo Canevacci desembarca na cidade maravilhosa para falar sobre fetichismo visual, que mistura publicidade, moda, música, arte, arquitetura e design. Meta-fetichismo elabora o design meta-morphico, subvertendo o “estado das coisas”: porque as coisas não têm estado, mas movimento. O encontro acontecerá no dia 10 de novembro, às 19h30, no IED Rio. A atividade é gratuita e aberta ao público, o local é sujeito à lotação.

Inscrições: http://iedr.io/ciclo-1011

O DESIGN NA FLORESTA DOS SÍMBOLOS – V: META-FETICHISMO – Por Massimo Canevacci
O fetichismo industrialista se muda em fetichismos visuais disseminados entre metrópole comunicacional e tecnologia digital. Os fetichismos visuais misturam publicidade, moda, música, arte, arquitetura e design. Nas práticas, a hipótese de um meta-fetichismo reinventa a meta-morfose pra realizar (performar) um desejo difundido em muitas culturas: mudar identidades, formas, corpos, vidas… Meta-fetichismo libera as incrustações estereotípicas de colonialismo, alienação, perversão, sentido comum; incorpora orgânico/inorgânico, material/imaterial, skin/screen, carne/tecnologia; cruza histórias e mitos; vivifica o que é inanimado: objetos, coisas, mercadorias. Meta-fetichismo elabora o design meta-morphico, subvertendo o “estado das coisas”: porque as coisas não têm estado, mas movimento.

Massimo Canevacci é professor de Antropologia Cultural e de Arte e Cultura Digital na Faculdade de Ciências da Comunicação, Universidade de Roma “La Sapienza”. Como professor visitante, tem sido convidado por diversas universidades europeias, além de ter atuado em Tóquio (Japão) e Nankin (China). Desde 2010, é professor visitante no Brasil: Florianópolis (UFSC), Rio de Janeiro (UERJ) e São Paulo (ECA-USP). Atualmente, também é membro-convidado do Instituto de Estudos Avançados da Universidade de São Paulo, um dos centros de pesquisas mais notáveis da América Latina. No ano 1995, recebeu pela Presidência da República brasileira a Ordem Nacional do Cruzeiro do Sul. É autor de várias obras de referência, incluindo “A cidade polifônica. Ensaio sobre a antropologia da comunicação urbana” (Studio Nobel, 1993), “Fetichismos visuais – corpos eróticos e metrópole comunicacional” (Ateliê Editorial, 2015), “A linha de pó. A cultura Bororo entre tradição, mutação e auto-representação” (Annablume, 2012) e “Sincretismos – uma exploração das hibridações culturais” (Studio Nobel, 1996).

Esperamos você!

NOVEMBRO MAKER – DESIGN DEGUSTAçãO

Novembro Maker – Design Degustação

IED Rio comemora o Dia do Designer com atividades do Design Degustação

Dia 5 de novembro é o Dia do Designer, e claro que não vamos deixar a data passar em branco! Venha comemorar com a gente e experimentar um pouco da metodologia do Istituto Europeo di Design! Um dia inteiro para conhecer os professores, saber mais sobre os cursos, tirar dúvidas e visitar nossa casa que estará de portas abertas com vista pro mar. Confira a programação completa, as vagas são limitadas e serão preenchidas por ordem de chegada, mas é necessário fazer seu pré-cadastro para validar a participação na hora do evento!

 

11h – Novos caminhos da moda: O coordenador do curso Design de Moda, Luiz Wachelke, vai falar dos novos caminhos da moda, que vem passando por mudanças que vão desde a forma como as coleções são desenvolvidas ao modo como os produtos são consumidos. Também vamos conversar sobre o mercado da moda no Brasil e as mudanças no ensino dessa disciplina.

Inscrições: http://iedr.io/DD-novos-caminhos-da-moda

 

11h – Design Thinking por que?: O coordenador do curso Design Estratégico, Daniel Pan, falar do uso das ferramentas de Design Thinking e como elas são importantes na abordagem de problemas e na construção de soluções inovadoras.

Inscrições: http://iedr.io/DD-design-thinking

 

13h – Arte, Design e Interação na era da experiência: Uma mesa redonda com Karina Israel, Luis Marcelo Mendes e Mariana Varzea num papo sobre design, arte, tecnologia e interatividade. Karina é coordenadora do curso Design de Exposições Interativas do IED Rio e diretora executiva da Ydreams no Brasil, empresa precursora do movimento de brand experience no mundo. Luis Marcelo é consultor na área de branding e gestão do design e Mariana Varzea é museóloga, historiadora da arte e da cultura, especializada em gestão de museus.

Inscrições: http://iedr.io/DD-arte-design-interacao

 

14h30 – Workshop Luz própria – faça sua luminária: Fernando Vaccari é professor do curso Design de Mobiliário e num workshop super mão na massa vai mostrar como projetar sua própria luminária. O objetivo do workshop é mostrar ao participante, as possibilidades da iluminação e da produção de equipamentos simples e eficientes com materiais de fácil acesso e baixo custo. Trabalhar a estética do produto e da luz, além de prover a orientação técnica necessária para a construção de uma luminária decorativa simples. Durante o decorrer da aula, será construída uma luminária para uso pessoal do aluno.

Inscrições: http://iedr.io/DD-luz-propria

 

14h30 – Um livro sem palavras: A coordenadora do curso Design Editorial, Maria Helena Pereira da Silva, propõe uma atividade prática em que os participantes poderão criar uma publicação através de uma sequência de imagens. 

Inscrições: http://iedr.io/DD-livro-sem-palavras

 

14h30 – Content Marketing e Social Media: A coordenadora do curso Marketing e Comunicação de Moda, Melina Dalboni, convida Fernanda Corrêa e Cristiana Azeredo, sócias da Flow, que apresentam como traçar um planejamento de conteúdo para o Instagram. A Flow é uma assessoria de marketing que trabalha com consultoria e influencers marketing, além de assinar o conteúdo nas redes sociais de 18 marcas cariocas (Mil Frutas, Drogasmil, Coco Legal entre outras).

Inscrições: http://iedr.io/DD-content-marketing

 

15h – Lowsumerism: tendência ou necessidade?: As coordenadoras do curso Pesquisa de Tendências Aline Monçores e Flávia Mendonça convidam Elis Vasconcellos e Solange Mezabarba para falar das mudanças no cenário do consumo. Elas vão abordar temas como sustentabilidade, economia compartilhada, reaproveitamento de materiais e outras questões que vem sendo cada vez mais levadas em consideração na hora de comprar.

Inscrição: http://iedr.io/DD-lowsumerism

 

15h às 19h – Sunset art: happy hour até o pôr do sol com direito a vista para o mar e o Pão de Açúcar no nosso terraço. Criação de um mural com estêncil por Eduardo Denne. Aberto ao público, não é necessário fazer inscrição.

 

17h – Workshop Infografia: O coordenador do curso Design Gráfico, Ricardo Cunha Lima, vai mostrar técnicas para expressar informações de forma gráfica em um workshop prático.

Inscrições: http://iedr.io/DD-infografia

 

17h – Quick Cinema: O coordenador do curso Cinema de Bolso, Felipe Barcellos, vai guiar os participantes através da experiência de criar conteúdo – filmes em alta definição (Full HD 1080p) – utilizando como ferramenta apenas seus smartphones.

Inscrições: http://iedr.io/DD-quick-cinema

 

17h – Criando Experiências digitais: O coordenador do curso User Experience, José Roberto Coccorese, vai contar um pouco sobre a importância de criar experiências no mundo digital para o cenário atual e vai falar sobre princípios de design mostrando cases de destaque nesse mercado.

Inscrições: http://iedr.io/DD-criando-experiencias-digitais

 

17h30 – Marcas que conquistam a mente e o coração: O coordenador do curso Branding, Marcelo Nascimento, vai mostrar uma visão contemporânea do branding, destacando os desafios do gerenciamento estratégico e as oportunidades do mercado. A gestão de uma marca vai muito além do logotipo ou da identidade visual da empresa, envolve uma estratégia para alcançar uma posição única na mente e no coração do consumidor.

Inscrições: http://iedr.io/DD-marcas-que-conquistam

 

18h – Inspirações em Estampas: A coordenadora do curso Design de Superfície, Adrianne Schreiner, vai promover a experimentação de técnicas de serigrafia em tecido e/ou papel usando telas serigráficas com máscaras (estêncil) para gerar formas gráficas diferenciadas criando estampas que vão deixar qualquer superfície muito mais interessante.

Inscrições: http://iedr.io/DD-estampas

O IED Rio se reserva ao direito de alterar ou cancelar a programação avisando os participantes sobre as mudanças.

DIáRIO DE BORDO: TURMA DE ONE YEAR EM JEWELRY DESIGN VIAJA PARA ITáLIA

Diário de Bordo: turma de One Year em Jewelry Design viaja para Itália

Mario Rodrigues, coordenador do curso, acompanhou os alunos em aulas e visitas guiadas em Vicenza e Florença

.

Os alunos do curso de One Year em Jewelry Design deste ano estiveram na Itália junto com o coordenador Mario Rodrigues. Durante 10 dias de imersão na Toscana, a turma composta por joalheiros iniciantes pode conhecer a VICENZAORO, uma das maiores feiras do segmento de joias, além de assistir a aulas no IED Firenze.

Confira o Diário de Bordo com os destaques da viagem contados pelo próprio Mario.

img_9843Os alunos na VICENZAORO

 

.
VICENZA

Dia 1
Iniciamos nossa estadia na Itália em 2 de setembro. Visitamos o Museo del Gioiello que tem um acervo de joias enriquecedor e levamos cerca de duas horas para conhecer tudo. Uma funcionária do museu fez a visita guiada em inglês.

.

img_9845-1

.

Dia 2
No sábado, fomos à VICENZAORO, a terceira feira mais importante do segmento no mundo, onde se encontra desde a alta joalheria italiana até a de combate chinesa e indiana. Com foco didático, ela é separada por perfis de joias, por pedras; são dezenas de fornecedores de diamantes, de acessórios e até de embalagens. É uma feira muito densa, que exige preparo físico.

.

image01

“O peso do IED colaborou muito para entrarmos na VICENZAORO. O nosso objetivo de levar os estudantes de design lá é mostrar a representação dos principais players do mercado”, comenta Mario Rodrigues – coordenador de Jewelry Design

.

Dia 3
Continuamos explorando mais sobre a VICENZAORO e no fim do dia pegamos um trem para Florença.

image02

.

FLORENÇA

Dia 4

Começamos a segunda-feira com uma aula no IED Firenze ministrada pelo Gabriele Goretti, coordenador de moda. O tema foi a inovação aos processos da cadeia de fornecimento na indústria da moda.
A tarde fizemos uma visita em conjunto com a turma de One Year em Shoes & Bags do IED-SP em uma fábrica de acessórios para grandes marcas.

.

img_9983

.

Dia 5
Passamos todo o dia em aulas no IED Firenze. Os alunos aprenderam mais sobre o conceito Trends Forecasting na teoria e na prática através de um workshop.


.img_9858

 

Dia 6
Mais uma aula com o Gabriele no período da manhã. À tarde fomos no estúdio do Paolo Penko, designer, escultor e joalheiro fiorentino.

.

image04

.
Dia 7
Visitamos o Museo e Scuola di Arte Sacra, no qual participamos de um workshop. A turma foi dividida em duas e foi dado a cada grupo atividades diferentes: um executou uma aliança e o outro fez o processo de cinzelamento, uma arte muito antiga e usada especialmente em peças sacras.

img_9986

 

Dia 8
Visita a Manifattura Orafa Torrini, a fábrica de joias mais antiga do mundo fundada em 1.369. Estão em Florença desde 1.700, começaram na produção de armaduras e hoje já estão na 24 geração da mesma família.
À tarde fizemos uma visita ao ateliê do Alessandro Dari, que se autointitula como um alquimista. Além disso, ele é musicista e joalheiro. Infelizmente ele não estava lá, mas conhecemos todo seu acervo. As joias são atípicas e autorais, uma verdadeira biografia dele. É um artista à parte, que faz dispositivos e peças místicas vinculadas à vida dele há muitos anos.

image06Ateliê Alessandro Dari

.
Dia 9
Último dia da turma toda reunida. Encerramos com um jantar e entrega dos certificados.
Foi uma experiência incrível, os alunos aprenderam conceitos e vivenciaram a rotina de designers tradicionais no berço das joias italianas.

image05

Se interessou? Venha fazer parte da próxima turma de One Year em Jewelry do IED-SP:
http://iedm.io/OY_jewelry

A TENDêNCIA DO MARMORIZADO NA DECORAçãO

A tendência do marmorizado na decoração

Soluções criativas para substituir o mármore invadem ambientes arrojados

O mármore ainda é um dos materiais nobres mais desejado para revestimentos de pisos. A textura da pedra dá refinamento aos ambientes como sala e hall de entrada.

Uma alternativa para criar um efeito similar ao piso é optar pelo falso mármore. O papel de parede com estampa marmorizada em diferentes tonalidades vem ganhando destaque no décor inglês. A inovação garante um resultado clássico com custo reduzido.

murals-wallpaper-marble-1-white-and-green-print

 

Um artista que também utiliza o mesmo efeito em suas criações é o australiano radicado em NY Martyn Thompson. Poltronas, abajures e almofadas com aparência marmorizada são relevantes no seu trabalho, que tem forte ligação com a moda, já que Thompson contribuiu para editoriais de revistas como W e Vogue.

 

martyn-thompson-rockpool-pop-up-1

O IED-SP oferece a pós-graduação em Design de Interiores Contemporâneo, que aborda práticas de decoração, novas tecnologias e planejamento de projetos comerciais e residenciais.

Confira o plano de estudos e agende um horário com o coordenador Alexandre Salles.  http://iedm.io/PosDesInt

ALUNAS DE PóS-GRADUAçãO DO IED SãO PAULO PARTICIPARAM DA HACKATHON WEAR+C&A

Alunas de pós-graduação do IED São Paulo participaram da Hackathon WeAr+C&A

Um patch que funciona como cartão de crédito foi o vencedor da Hackathon. A aluna de pós-graduação em Design de Interação, Adriana Camargo, fez parte da equipe de designers que levou o primeiro lugar

·

No início do mês de Dezembro, o IED São Paulo sediou a Hackathon WeAr + C&A, uma maratona  hacker de moda & design de wearables. Foram mais de 200 inscritos e 44 selecionados entre estudantes de moda, tecnologia e profissionais de áreas relacionadas.

Participaram da experiência duas alunas de pós-graduação do Istituto Europeo di Design: Adriana Camargo, aluna do curso de Design de Interação, e Gabriela Lopes, aluna de Fashion Marketing and Communication. As estudantes que trabalharam em equipes diversas, desenvolveram durante 30 horas um produto que unisse moda e tecnologia. Gabriela e sua equipe levaram o 3º lugar, já Adriana do time Freedon ficaram com a 1ª colocação.

O IED São Paulo entrevistou as estudantes sobre a oportunidade. Confira.

·

IED SP: Qual foi o maior desafio da sua equipe na Hackathon?

Adriana Camargo: Elaborar o projeto com os recursos que estavam disponíveis, como não conhecia as demais participantes da minha equipe, formamos o grupo na hora e não havíamos ainda um projeto a ser seguido.

Gabriela Lopes: Nosso maior desafio foi adaptar um dispositivo que já estava pronto em um acessório de moda que ocultasse o formato original do alfabee (dispositivo).

·

Durante o processo de desenvolvimento do patch (equipe Adriana Camargo)

·

IED SP: Quais conceitos de wearable vocês conseguirão aplicar no mercado de trabalho? 

A.C.: Alinhar o lado fashion à tecnologia me parece um desafio a ser explorado, pois é um conceito novo e esta foi a razão da minha participação.

G.L.: O principal conceito que conseguimos aplicar foi de uma tecnologia de segurança pessoal que se conecta através de um hardware e um aplicativo no celular inserido em acessórios de moda como colares, pulseiras e bolsas. A ideia é que esses acessórios possuam a tecnologia sem perder a linguagem de moda. O produto que desenvolvemos será muito válido para futuros projetos.

·

·

IED SP: Como alunas do IED São Paulo, o que acharam da maratona que rendeu 30h de trabalho?

A.C.: Achei interessante e muito válida. O IED deveria proporcionar mais eventos deste tipo para estimularmos novas possibilidades de conhecimento.

G.L.: A experiência foi fantástica! Permitiu uma grande troca de contatos e uma vivência com pessoas de áreas diferentes trocando ideias para um projeto único.

·

Gabriela Lopes (à esquerda), aluna de Fashion Marketing and Communication, levou o 3º lugar na maratona

·

O IED São Paulo conecta você ao cenário global de tendências e negócios. Construa um novo olhar profissional e seja um Designer do Futuro. Matrículas abertas!

GRADUAçãO EM DESIGN DE PRODUTOS E SERVIçOS APRESENTA VANTAGENS PARA NOVAS TURMAS

Graduação em Design de Produtos e Serviços apresenta vantagens para novas turmas

Foto Instagram @abandoni
Conheça os diferenciais da Graduação em Design de Produtos e Serviços para 2017
·
O IED São Paulo entrevistou Andrea Bandoni, coordenadora da Graduação em Design de Produtos e Serviços, para entender as oportunidades oferecidas aos novos alunos a partir do primeiro semestre de 2017.
Confira abaixo o bate papo.

·

IED SP: Quais são as novidades da Graduação em Design de Produtos e Serviços para 2017? 
Andrea Bandoni: A maior novidade é que além da formação maker e criativa existente em qualquer bom curso de Design, nosso curso prezará também pelo olhar empreendedor e estratégico, pensando o futuro com foco no bem-estar das pessoas. Neste curso, o aluno aprenderá fazendo e vivenciando projetos relevantes com propósito. Temos parceria com empresas e instituições que vão ajudar o aluno a entender a realidade do Design. O designer formado no IED São Paulo será capaz de executar produtos e serviços de alta qualidade, compromissado com uma sociedade melhor.
·
IED SP: O que falta no mercado atual e como os alunos podem enxergar como oportunidade?
A.B.: Faltam pessoas capazes de conectar as ideias de diferentes áreas para poder traduzir nossas necessidades em soluções reais. Profissionais que saibam “descer do salto” e olhar nos olhos das pessoas, ouvindo-as e colocando-se em seu lugar para poder entendê-las e ajudá-las. Faltam ideias mais ousadas na área de sustentabilidade, que impliquem novos comportamentos e uma necessária mudança de paradigma. Falta uma aplicação mais adequada da tecnologia na rotina das pessoas, em diversos segmentos do mercado. Faltam objetos que inspirem e expressem com mais potência a época que vivemos e que vamos viver, redefinindo funções. O que não falta num panorama como este é oportunidade para o designer crítico e criativo.
·
O IED São Paulo possibilita dupla certificação com diploma válido no Brasil e na Europa.
Faça parte da faculdade das inteligências criativas, a única 100% Design do Brasil. Matrículas abertas!
·
 ·
12ª MOSTRA APRITI NO IED SãO PAULO EXPõE OS MELHORES TRABALHOS DOS ALUNOS DE GRADUAçãO 2016

12ª Mostra APRITI no IED São Paulo expõe os melhores trabalhos dos alunos de graduação 2016

As coordenadoras dos cursos de Graduação do IED São Paulo comentam sobre os projetos da 12ª Mostra APRITI

·

Após a abertura do evento APRITI 2016 no dia 7 de dezembro, O IED São Paulo apresenta a 12ª Mostra APRITI, na sede da faculdade em Higienópolis, com trabalhos dos alunos graduados neste ano nos cursos de Design de Moda, Design de Produto e Design Gráfico e Digital. Entre os projetos selecionados para a exposição estão parte das coleções apresentados no desfile de moda durante a abertura, além de protótipos, mockups e painéis expositivos resultados de pesquisas em design de produtos, serviços, ambientes, plataformas e publicações.

Confira abaixo os destaques selecionados por segmentos da Mostra com comentários das coordenadoras dos cursos de Graduação: Andrea Bandoni (Design de Produto), Eliane Weizmann (Design Gráfico e Digital) e Márcia Merlo (Design de Moda).

·

Design de Produto

·

Acessórios decorativos para estimular determinadas capacidades cerebrais, aluna Julia Rotter

·

“Tivemos uma produção bastante diversa, contendo por exemplo, uma coleção de joias interativas ‘slow design’ (aluna Julia Rotter); uma impressora que ‘bronzeia’ o papel com luz substituindo o uso de tinta (aluna Bruna Sorbello); um sistema para ciclistas com aplicativo e caixas de socorro espalhadas na cidade (aluno Guilherme Weber) e até um brinquedo sexual para todos os gêneros criado pelo aluno Vitor Chien.

·

GO.B Sistema de auxílio ao biker, aluno Gilherme Weber

·

Pelo percurso na faculdade, o destaque foi da aluna Michelle Kim, 2ª colocada como melhor aluna do IED neste ano,  além disso, ela finalizou o curso com um mobiliário interativo prototipado em escala real. Os convidados para a banca foram profissionais renomados, como o designer Leo di Caprio, que no final das bancas acabou dando dicas aos novos designers para ajudá-los a melhorar ainda mais seus projetos”, comenta Andrea Bandoni, coordenadora da Graduação em Design de Produto.

·

Design de Moda

·

·

A tônica desse conjunto de coleções é o ecletismo, com especial destaque para o universo feminino”, sintetiza Márcia Merlo, coordenadora da Graduação em Design de Moda. Para ela, há um questionamento mais profundo dos gêneros e um maior número de coleções com masculino e feminino mesclados.

·

Design de Gráfico e Digital

·

Ficus, aluno Lucas Gini

·

“Os trabalhos deste ano tiveram um caráter bastante autoral em diferentes interfaces e plataformas. O aluno Lucas Gini, criou uma família tipográfica inspirada numa árvore e entregou a monografia final toda escrita na nova tipografia. Já a aluna Luisa Sirvinkas, escreveu o roteiro de uma série para TV completa e fez o teaser promocional. Bruno Freire entregou um HQ e Stephan Hannes fez o design de um game.

Além destes trabalhos tivemos mais 2 HQs, um aplicativo de curiosidades para crianças, um livro guia para jovens adultos, um documentário, um projeto em realidade aumentada, um site, entre outros.

·

Simon: Loss of Nature, aluno Stephan Hannes

·

Participaram das bancas nomes importantes do mercado como Mauricio Martinez, gerente P&D TI da aceleradora Oxigênio da Porto Seguro; Rodrigo Buldrini, diretor de arte da revista Época Negócios da Editora Globo; Rogério de Campos, da Editora Veneta; Raquel Fukuda, da Birdo Studio de Animação; Claudio Rocha, tipógrafo e coordenador da Oficina Tipográfica São Paulo, entre outros”, destaca Eliane Weizmann, coordenadora da Graduação em Design Gráfico e Digital.

·

·

12ª Mostra APRITI 2016 

Local: IED São Paulo – Rua Maranhão, n. 617, Higienópolis.

Datas: de 8/12/2016 a 3/2/2017

Horários: das 7h às 22h 

Entrada gratuita.

·

 Venha conferir a Mostra. Aqui a Revolução do Design já começou! 

·

Rua Maranhão, 617
Higienópolis
01240-001
+55 11 3660 8000

SÃO PAULO RIO DE JANEIRO MILANO ROMA TORINO VENEZIA FIRENZE CAGLIARI COMO BARCELONA MADRID