IED | Istituto Europeo di Design
Você está em:

AMADOR PEREZ CONVERSA SOBRE AS RELAÇÕES ENTRE DESENHO, DESIGN E ARTE NO IED PARLA

16 de dezembro de 2016

Artista fala sobre sua infância e emociona platéia

Nesta quarta-feira, o IED Parla recebeu o artista plástico Amador Perez para falar a respeito das relações entre desenho, design e arte em seu trabalho. O encontro foi mediado por um ex-aluno de Perez, o professor e coordenador do  curso Saperfare Design Gráfico, Ricardo Cunha Lima. “Amador sempre me apoiou e abriu portas para várias possibilidades no mundo do design. Para mim é uma honra especial tê-lo conosco hoje, e espero que em breve possamos tê-lo mais vezes aqui no IED Rio”, disse o coordenador.

O artista, que também é professor de design gráfico na PUC-Rio e na ESDI,  confessou ter vindo ao prédio do IED Rio uma única vez, aos oito anos, na época da antiga TV TUPI. Quando jovem, Perez fez faculdade de arquitetura, mas abandonou o curso para dedicar-se a sua paixão: desenhar.  “Tudo para mim em termos de carreira, seja como artista ou professor, veio do desenho. O desenho é uma manifestação muito espontânea em qualquer ser humano”.

Em sua fala, Perez tratou das relações entre desenho, arte e design e fez uma retrospectiva de sua trajetória nas artes visuais, partindo do diálogo com a fotografia, nos primeiros desenhos, até a presença marcante da imagem digital e do objeto nas últimas séries:

– Estou sempre discutindo a relação entre o que é representação e o que é construção nos meus trabalhos. Creio que os desenhos não são representação, são matéria. Quando desenho, eu tenho a plena consciência de que aquilo é um depósito de grafite sobre o papel – afirmou.

O palestrante falou também de sua infância, para ele a primeira iniciação no mundo da arte. “A minha inscrição no mundo das artes se deu na infância, na convivência com minha família. Ver meu pai desenhando foi um aprendizado e um privilégio para mim”, disse. As referências à história da arte são outra constante no trabalho de Perez:

“A cópia é algo incrível, porque você acha que está copiando, mas não está. Os meus trabalhos em torno de obras de arte são um refazimento dentro de mim do amor que eu sinto por aquela obra”, concluiu o artista, que confessou ainda seu fascínio pela figura do bailarino Nijinsky, tema recorrente em suas obras: “tenho certeza que vou continuar a minha vida voltando a ele”.

Marcela Percú, ex-aluna de Perez, afirmou ter ficado emocionada com a palestra. “Ele foi meu professor na PUC mas nunca o ouvi falar de forma tão generosa sobre sua vida e técnica. Foi surpreendente”.

A entrevista completa se encontra disponível no Youtube:

https://www.youtube.com/watch?v=3gv7Xdim4n8

Imagem: Trabalho da série 1,2, uma das últimas do artista, que utiliza diferentes materiais e técnicas


comunicacaorj

IED SÃO PAULO
Rua Maranhão, 617
Higienópolis
01240-001
+55 11 3660 8000

IED RIO
Av. João Luis Alves, 13
Urca
22291-090
+55 21 3683 3786

SÃO PAULO RIO DE JANEIRO MILANO ROMA TORINO VENEZIA FIRENZE CAGLIARI COMO BARCELONA MADRID