IED | Istituto Europeo di Design
Você está em:

Especialista do IED responde: o mercado de Design de Embalagens

6 de abril de 2016

Há espaço nas empresas brasileiras para designers de embalagens que sejam competentes, dedicados e criativos.  O problema, segundo o designer de produto Leonardo Boulos, é que o crescimento dessa área contrasta com o número de profissionais realmente capacitados – que, para ele, aliam fatores como domínio teórico, vivência prática, criatividade e atenção às novidades que surgem diariamente mundo afora.

Para saber como se destacar da concorrência, fizemos algumas perguntas ao Leonardo Boulos, profissional experiente na área de embalagens e professor responsável pelo curso de extensão em Design de Embalagens do IED São Paulo.

Leonardo_Boulos_140x160px

IED-SP: Por que o Design de Embalagens requer uma especialização?

O Design de Embalagem já é uma área do conhecimento que faz parte dos cursos de Design Gráfico e Digital e de Design Produto. Seguir essa ou outras especializações têm a ver com o perfil profissional de cada indivíduo, do mais criativo ao mais técnico.

Os cursos de extensão ajudam o aluno a se descobrir profissionalmente e a desenvolver suas habilidades mais promissoras.

IED-SP: O que o mercado espera de um profissional que atue como designer de embalagens?

O mercado, a economia e a sociedade demandam profissionais dinâmicos, antenados, curiosos e com sede de aprendizado. A área de embalagem não é diferente: para sair da mesmice, das fórmulas prontas, o designer precisa ter uma visão ampla, que não se limite ao seu campo técnico específico, mas que se preocupe com as relações da embalagem com o consumidor dos mais diferentes tipos e regiões do planeta.

IED-SP: Quais as perspectivas para os profissionais desse segmento atualmente? Quais as barreiras e as vantagens de atuar no Brasil?

Nosso mercado está em crescimento. Portanto, temos espaço para bons profissionais. Procuramos pessoas que se destacam, que buscam carreira e evolução e não apenas um trabalho comum. O mercado está totalmente globalizado e constantemente interagimos com profissionais e empresas de outros países. Mais um motivo para o profissional ir além de sua zona de conforto e adquirir uma visão ampla do design e comportamento humano.

Acredito que a principal barreira reside nas limitações dos próprios profissionais, na preocupação (ou falta de) em evoluir, criar algo único e inédito, e se destacar. Oportunidade tem!

IED-SP: Conte um pouco sobre como será o processo de desenvolvimento da embalagem e do rótulo durante o curso.

Iremos trabalhar com situações mais próximas à realidade, estudando a teoria e a aplicando na prática. O curso passará por todos os estágios do processo de embalagem, desde pesquisas comportamentais, análise de mercado, briefing, criação e execução da embalagem e marca.

IED-SP: O que há de novidade ou de diferencial na abordagem do curso de Design de Embalagens do IED São Paulo?

O grande diferencial do curso é trabalharmos com foco no mercado. Assim, adquirindo uma visão realista de onde esses profissionais estão ou irão se inserir. Trazer o mercado para dentro da sala de aula é nosso principal objetivo.

***

Se interessou pela abordagem do IED? O curso de extensão em Design de Embalagem está com matrículas abertas. Saiba todos os detalhes aqui!


comunicacaosp

IED SÃO PAULO
Rua Maranhão, 617
Higienópolis
01240-001
+55 11 3660 8000

IED RIO
Av. João Luis Alves, 13
Urca
22291-090
+55 21 3683 3786

SÃO PAULO RIO DE JANEIRO MILANO ROMA TORINO VENEZIA FIRENZE CAGLIARI COMO BARCELONA MADRID.