IED | Istituto Europeo di Design
Você está em:

Aluna do IED cria embalagem de achocolatado com apoio da Praxis

29 de julho de 2015

Durante boa parte do primeiro semestre de 2015, os alunos de 2º e 3º semestre de Design de Produto foram estimulados a desenvolver projetos individuais de embalagem para uma linha fictícia de achocolatados.  O processo comandado pelos professor Felipe Garcia e pelo orientador Leonardo Boulos, também contou com a parceria constante da Praxis, empresa especializada em protótipos físicos e digitais.

“A gente desenvolveu um projeto desde a pesquisa mercadológica de produto, da teórica à prática, até a parte visual e gráfica da marca e, por fim, o shape dos potes”, explicou Boulos. Os alunos do 2ª ano tiveram uma motivação extra: quem apresentasse o melhor projeto ganharia da Praxis a execução de um protótipo do seu produto – processo conhecido como mock-up.

A vencedora da contenda foi a aluna Camila Marcolino, em avaliação feita pelos professores e pelo projetista da Praxis, Anderson Souza, que participou de todo processo desde as fases iniciais. “A apresentação também foi determinante, tanto que a Camila se destacou muito nesse momento”, comentou Garcia.

Apesar de premiar apenas uma pessoa, o exercício foi bem executado de modo geral e valeu pela experiência. “As duas turmas entregaram coisas bem legais. São projetos estudantis e conceituais, mas de muito fácil inserção no mercado, o que é muito importante. A gente poderia idealizar projetos distantes do mercado, mas preferimos usar exemplos mais reais, mesmo que ainda não tenhamos colocados detalhes de custo de produção”, ressaltou Boulos.

Mock-up

Segundo Anderson Souza, aproximar uma empresa especializada como a Praxis do universo acadêmico é positiva por não impor tantas barreiras “que poderiam inviabilizar o projeto”. Mudanças de percurso e reavaliações também são mais fáceis de fazer. “Por exemplo, quando manuseamos o produto físico percebemos que a tampa precisava de alguns acertos”.

O projetista também revelou os processos que envolvem a criação de um protótipo como o que foi feito a partir do projeto da Camila Marcolino: “Primeiro, pegamos esboços com o conceito do produto. A partir disso, a gente faz um 3D, um estudo de volumetria e então elaboramos um mock-up físico ou digital. Os mock-ups físicos são feitos a partir da usinagem em máquina CNC a partir de um bloco, num processo semelhante à fabricação de um molde e que vai servir para a ferramentaria”.

Do ponto de vista do IED São Paulo, parcerias com empresas costumam levar a resultados positivos para os alunos. “Isso nos permite materializar uma ideia até a fase final, obtendo um protótipo e tendo a visão de quem trabalha com isso todos os dias”, destacou Christian Ulmann, supervisor técnico do curso.

A multidisciplinaridade do exercício também foi destacado por Felipe Garcia: “A criação de embalagens envolve uma combinação de Design de Produto e Design Gráfico, que nesse caso também é determinante na elaboração do rótulo”. Por isso, a colaboração de uma empresa com presença forte no mercado foi fundamental. “A Praxis é procurada pelas agências para desenvolver protótipos físicos ou digitais de produtos que elas pretendem colocar no mercado”, contou.


comunicacaosp

IED SÃO PAULO
Rua Maranhão, 617
Higienópolis
01240-001
+55 11 3660 8000

IED RIO
Av. João Luis Alves, 13
Urca
22291-090
+55 21 3683 3786

SÃO PAULO RIO DE JANEIRO MILANO ROMA TORINO VENEZIA FIRENZE CAGLIARI COMO BARCELONA MADRID.